header top bar

section content

Governo do Estado assume oficialmente, neste domingo, a gestão do Complexo Hospitalar Regional de Patos

Lei que cria Fundação PB Saúde foi sancionada e deve começar a funcionar em breve

Por Jocivan Pinheiro

23/02/2020 às 11h19 • atualizado em 23/02/2020 às 11h27

Hospital Regional de Patos

Mais um conjunto de unidades de saúde na Paraíba deixa de ser administrado por uma organização social. O Governo do Estado está cumprindo a promessa de encerrar gradualmente os contratos com as O.S. após a deflagração da Operação Calvário, que investiga o envolvimento de uma dessas organizações sociais com um esquema de desvio de verbas públicas.

Desta vez o Governo do Estado encerrou contrato com a O.S. que administrava o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, na cidade de Patos, no Sertão. Com isso, o Estado assumiu neste domingo (23) a gestão do complexo.

VEJA TAMBÉM

Secretário diz que UPA de Princesa Isabel e CER de Sousa funcionarão normalmente após saída da OS

O objetivo do governo é que a gestão das unidades de saúde fique sob total responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde, através da Fundação PB Saúde, recém-aprovada na Assembleia Legislativa.

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde, a PB Saúde ainda não começou sua gestão porque o processo ainda está na fase de preparação dos documentos.

O regime de pessoal será o da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A contratação de pessoal será dada mediante aprovação em concurso ou processo seletivo simplificado público, com exceção para os cargos de nomeação e exoneração.

DIÁRIO DO SERTÃO

AJUDA

VÍDEO: Empresa do Vale do Piancó cria protetor facial para profissionais que combatem o coronavírus

LÍDER GERAL

VÍDEO: Marina Duarte esclarece se o Atlético será campeão paraibano antecipado por causa da epidemia

NO RIO GRANDE DO NORTE

EXCLUSIVO: Irmão da vítima fatal mais jovem do coronavírus no Brasil relata últimos momentos do jovem

UM ESTÁ INTERNADO NO HRC

VÍDEO: Triunfo monitora 5 casos suspeitos de Covid-19, e secretária de Saúde destaca ações preventivas

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!