header top bar

section content

VÍDEO: Morre aos 89 anos, em Terezina-PI, o empresário João Claudino; reveja sua primeira entrevista

Seu João como era mais conhecido, enfrentava problemas de saúde relacionados a um câncer. A família não informou detalhes sobre a causa da morte

Por José Dias Neto

24/04/2020 às 13h15 • atualizado em 24/04/2020 às 13h25

O empresário João Claudino Fernandes, co-fundador do Grupo Claudino, faleceu nesta sexta-feira (24) aos 89 anos de idade, no Hospital de Terapia Intensiva de (HTI), no bairro Piçarra, em Teresina, capital do Piauí.

Seu João como era mais conhecido, enfrentava problemas de saúde relacionados a um câncer. A família não informou detalhes sobre a causa da morte.

A pedido de familiares, o velório de João Claudino será restrito, para evitar aglomerações, devido a pandemia do novo coronavírus.

Ao Diário do Sertão, o professor José Antônio de Albuquerque, proprietário da Rádio Alto Piranhas de Cajazeiras, lamentou o falecimento do seu amigo pessoal.

“É muito difícil aceitar a morte de um amigo. Estou muito triste com o falecimento do meu amigo João Claudino”, disse, emocionado em ligação telefônica.

Em sua página oficial do facebook, ele anunciou a morte de Seu João.

TRAJETÓRIA DE SUCESSO

João Claudino nasceu em Luís Gomes, Rio Grande do Norte, em 21 de junho de 1930. Filho de João Claudino Sobrinho e Francisca Fernandes Moreira Claudino, casou-se com Maria Socorro de Macêdo Claudino e teve cinco filhos: João Vicente, Cláudia Maria, João Júnior, Alayde Christine e João Marcello.

Iniciou sua atuação no ramo comercial, em 1949, quando o pai lhe arrendou um pequeno comércio em Cajazeiras (PB): A Guanabara do Sertão. Em 1954, a mercearia foi vendida, e João Claudino foi trabalhar com o pai, fazendo parte da firma. A partir de 1966, quando a sociedade com o pai se desfez, tornou-se sócio do irmão, Valdecy Claudino.

João Claudino Fernandes

Ao longo de mais de 50 anos de trabalho no ramo empresarial, João Claudino se tornou dono de uma das maiores redes varejistas do Nordeste, tendo mais de 10 empresas com sedes na capital piauiense e empregando mais de 17 mil funcionários.

REVEJA COMO FOI A ÚLTIMA VISITA DE JOÃO CLAUDINO NA CIDADE DE UIRAÚNA DURANTE LANÇAMENTO DA REVISTA LEIA FELC EM JANEIRO DE 2020

HOMEM DE NEGÓCIOS

A maioria das empresas do Grupo Claudino foi criada para suprir as necessidades do Armazém Paraíba: a Guadalajara para abastecer a loja de roupas; a Sucesso Publicidade para comandar o setor de propaganda; a Socimol para criar os móveis; a Onix S/A para produzir os colchões; a Halley para dar conta do material promocional; a Construtora Sucesso para realizar as obras do grupo; a Colon Equipamentos Rodoviários para dar suporte ao transporte das mercadorias; a fábrica de bicicletas Houston, hoje a maior da América Latina, abastece o setor de bikes do Paraíba; a Remanso atua com comercialização de soluções integradas de gestão de negócios e o Teresina Shopping tem o Paraíba como sua maior âncora.

O Frigotil (frigorífico industrial) e a Gestão Peles e Couros também fazem parte do conglomerado para dar vazão à produção nas fazendas da família. São ao todo 13 empresas.

DIÁRIO DO SERTÃO

PARABÉNS

VÍDEO: Madeirart’s é escolhida a melhor marcenaria de Cajazeiras pela pesquisa Os Melhores do Ano

CÂMARA DE VEREADORES DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Na estreia, programa Câmara em Ação recebe Eriberto Maciel e destaca projetos e concurso

AINDA FALTA

VÍDEO: Ex-chefe da SUDEMA defende construção de terceiro eixo da transposição para o Vale do Piancó

PARQUE ARQUEOLÓGICO

VÍDEO: Diretor da SUDEMA explica atraso na obra de revitalização do Vale dos Dinossauros em Sousa

Recomendado pelo Google: