header top bar

section content

Promotor requisita informações de quatro cidades do Vale do Piancó sobre retomada das aulas presenciais

Lean Xerez requisitou aos prefeitos e secretários de Educação o envio de informações, no prazo de 10 dias, sobre uma série de medidas que devem ser adotadas

Por Diário do Sertão com Ascom MPPB

16/07/2020 às 17h25 • atualizado em 16/07/2020 às 19h22

A Promotoria de Justiça de Conceição, no sertão da Paraíba, instaurou procedimentos administrativos para acompanhar a elaboração e a execução de planejamento para o retorno das aulas presenciais nos municípios de Conceição, Santana de Mangueira, Ibiara e Santa Inês.

O promotor de Justiça Lean Matheus de Xerez requisitou aos prefeitos e secretários de Educação dos quatro municípios o envio de informações, no prazo de 10 dias, sobre uma série de medidas que devem ser adotadas, de acordo com os órgãos sanitários e o Conselho Nacional de Educação (CNE), para a retomada segura das aulas.

Conforme explicou o promotor, a suspensão temporária das aulas presenciais poderá criar lacunas significativas no aprendizado dos estudantes, ainda que ações de ensino remoto sejam cuidadosamente executadas, o que impõe um bom planejamento de retorno às aulas presenciais.

VEJA TAMBÉM

Governo e ALPB fazem parceria para transmitir videoaulas a alunos de Patos, João Pessoa e CG

Ele também destacou a necessidade do estabelecimento prévio de protocolos para a retomada gradual das atividades pedagógicas presenciais; assegurada a participação dos conselhos, comunidade escolar, profissionais e colaboradores da educação, periodicamente reavaliados e monitorados por indicadores de vigilância e de assistência, levando em consideração o contexto adverso do período de isolamento social.

“O retorno às aulas presenciais deve ser estudado, de modo que se respeitem as condições subjetivas e objetivos dos alunos e suas famílias, como a proteção dos alunos com deficiência, dos alunos e profissionais dos grupos de risco, possibilitando a opção das famílias pela manutenção das atividades não presenciais, para proteção das crianças e adolescentes”, disse o promotor.

DIÁRIO DO SERTÃO

BALANÇO

VÍDEO: advogados e pastor debatem imunidade tributária das igrejas no Brasil

CONHECIMENTO

VÍDEO: III Simpósio de Administração da Santa Maria acontece online este ano; saiba como participar

DENÚNCIA

VÍDEO: Vereador cobra explicações de Zé Aldemir sobre contratos com empresa suspeita de irregularidades

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Candidatos de Cajazeiras deixam a desejar nas campanhas durante pandemia, avalia especialista

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!