header top bar

section content

VÍDEO: Em ato público, coletivo de mulheres cobra justiça no caso Pâmella Bessa em Poço de José de Moura

Pâmella estava grávida e morreu após dar entrada no Hospital de São João do Rio do Peixe vítima de agressões. O acusado do feminicídio é seu esposo

Por Luis Fernando Mifô

21/09/2020 às 16h07 • atualizado em 21/09/2020 às 16h11

Cerca de 150 mulheres participaram de um ato público na cidade de Poço de José de Moura, no Sertão paraibano, na noite deste domingo (20), para cobrar justiça no caso da jovem Pâmella Bessa, que morreu após dar entrada no Hospital de São João do Rio do Peixe vítima de agressões.

Pâmella estava grávida de três meses e o acusado do feminicídio, segundo a Polícia Civil, é seu esposo, Hélio José de Almeida Feitosa, que está foragido. Ele também é suspeito de ter provocado um aborto em Pâmella após agressões no começo do ano.

VEJA TAMBÉM

Delegado diz que Secretaria de Saúde suspeitou de aborto de Pâmella Bessa, mas não informou

A repercussão do fato foi tão grande que mulheres de Poço de José de Moura formaram um coletivo chamado ‘Mulheres a Bessa” como forma de homenagear Pâmella e lutar contra a violência doméstica, em defesa da vida das mulheres.

De acordo com a jovem Lívia Dantas, uma das ativistas do movimento, a violência contra a mulher se tornou uma assustadora estatística no Brasil. Mas ela ressaltou que é preciso união para prevenir, combater e cobrar justiça nos casos: “Ser mulher ainda é sentir medo, mas nunca mais vai ser se calar”, disse a jovem em seu discurso.

DIÁRIO DO SERTÃO

PROJETOS E IRONIAS

VÍDEO: Candidata promete hospital para Santa Helena, e adversário pergunta se ela usa cartão do SUS

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Jornalista vê em resultado de pesquisa cenário do segundo turno nas eleições em João Pessoa

CURIOSIDADE

VÍDEO: Escritora paraibana detalha relação entre Lampião e Padre Cícero durante governo de Prestes

EM DEBATE

VÍDEO: Candidata promete hospital universitário em Santa Helena com “projeto audacioso, mas concreto”

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!