header top bar

section content

Candidata a vereadora alega ter sido agredida por PM e opositor

Com a queixa prestada, a Polícia Civil agora deve investigar a ocorrência

Por Diário do Sertão

30/09/2020 às 09h25 • atualizado em 30/09/2020 às 09h29

O caso teria ocorrido na segunda-feira (28)

A candidata a vereadora Elisangela do Carmo Barbosa, do município de Bom Jesus, Sertão da Paraíba, alega ter sido agredida por um policial militar e um candidato a vice-prefeito. Nessa terça-feira (29), ela prestou uma queixa na Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras.

No Termo de Declaração da candidata, ela alega que fazia visitas em um bairro quando foi abordada pelo PM, que a questionou de forma desrespeitosa e quando Elisangela pediu respeito, foi agredida.

“Puxou a declarante pelos cabelos e deixou lesões no pulso”, diz trecho do documento.

Ainda conforme o Termo, um candidato a vice-prefeito no município chegou ao local no momento e agrediu a mulher com dois socos na boca. A agressão só teria parado após uma moradora da região pedir.

Com a queixa prestada, a Polícia Civil agora deve investigar a ocorrência.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Denise critica política de Zé Aldemir com moradores de rua e apresenta propostas

ILEGALIDADE EM CONVENÇÃO

VÍDEO: Sete candidatos a vereador de cidade na região de Pombal são multados pela Justiça Eleitoral

HABITAÇÃO

VÍDEO: Zé Aldemir fala sobre a entrega de 300 novos apartamentos

ELEIÇÕES NO SERTÃO

VÍDEO: Campanhas eleitorais se acirram nas dez cidades da região de Catolé do Rocha, mostra jornalista

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!