header top bar

section content

VÍDEO: Capitão da PM relata detalhes da ação que interrompeu festas clandestinas em São Bento e Paulista

No domingo, uma denúncia anônima levou a Polícia Militar até um motel de São Bento que estava funcionando sem licença, sem uso de máscaras e álcool em gel

Por Jocivan Pinheiro

12/07/2021 às 15h57 • atualizado em 12/07/2021 às 16h00

Durante a Operação Previna-se, a Polícia Militar encerrou três festas clandestinas nos municípios de São Bento e Paulista, no Sertão paraibano, neste fim de semana, após receber denúncias anônimas. Um dos eventos acontecia em um motel que não tinha licença para funcionar.

De acordo com informações do Capitão Fernando, a primeira festa interrompida ocorria na madrugada de sábado, no sítio Chique-Chique, em São Bento.

“Havia bastante gente, mais de mil pessoas. Existia toda uma organização do evento no que diz respeito a funcionamento de bar, questão de portaria, numa localidade de difícil acesso dentro da mata. E nesse local ainda fizemos a apreensão de uma certa quantidade de entorpecentes”, relatou.

VEJA TAMBÉM

Comandante da PM de São Bento conta detalhes de crime bárbaro registrado neste final de semana

Polícia encerra festa que reunia mais de 200 pessoas na região de Pombal

Polícia encerra festa realizada em motel na região de Catolé do Rocha

Polícia interrompe evento com mais de mil pessoas em São Bento

Públicos foram dispersados e organizadores encaminhados à delegacia (Foto: Divulgação/PMPB)

A segunda festa clandestina foi no sítio André, no município de Paulista. O organizador do evento foi autuado e levado à delegacia.

Já no domingo, uma denúncia anônima levou a polícia até um motel de São Bento, que estava funcionando sem licença. No motel estava acontecendo uma festa clandestina sem uso de máscaras e álcool em gel. O local foi fechado e o dono autuado.

“O objetivo maior é dar cumprimento ao decreto, diminuir a propagação do vírus e salvaguardar vidas”, ressaltou Capitão Fernando.

DIÁRIO DO SERTÃO

DURANTE VISITA NO SERTÃO

VÍDEO:Governador responde sobre possível aliança de Veneziano com Cássio: “Prefiro acreditar no senador”

PEDIDO DE SOCORRO

VÍDEO: Há 7 meses sem repasse da prefeitura, ONG que protege animais pode fechar as portas em Sousa

ACUSAÇÕES

VÍDEO: Carlos Antônio rompe o silêncio e alega que Denise perdeu eleição porque Zé Aldemir comprou votos

PREGO BATIDO

VÍDEO: João Azevêdo diz que não haverá na sua chapa políticos que apoiam Bolsonaro: “Essa é uma regra”

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!