header top bar

section content

Dra. Paula entra na mira do Ministério Público após Justiça determinar penhora de bens de Zé Aldemir e ex-secretário de Cajazeiras

A decisão da juíza Mayuce Santos Macedo da 4ª Vara Mista de Cajazeiras foi divulgada nesta terça-feira (20) às 14h46, conforme apuração do Diário do Sertão

Por Redação Diário do Sertão

20/07/2021 às 17h51 • atualizado em 20/07/2021 às 17h54

Macambira, Zé Aldemir e Dra. Paula. Foto: Reprodução da internet

A juíza da 4ª Vara Mista da Comarca de Cajazeiras, Mayuce Santos Macedo deu prazo de 30 dias para o Ministério Público indicar bens da deputada estadual Dra. Paula Francinete para penhora, nos autos de uma execução de título executivo extra-judicial referente ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que a deputada descumpriu ao contratar servidores e não fazer concurso, quando esteve secretária de saúde de Cajazeiras.

A decisão, em relação ao processo número 0800719-23.2018.8.15.0131, movido pelo Ministério Público (MP) do Estado da Paraíba em face de Paula Francinete Lacerda Cavalcante de Almeida, José Aldemir Meireles de Almeida e Thyago Souza Macambira, na qual foi concedido o prazo de 30 dias para que o MP indique bens da deputada estadual Dra. Paula (PP), para serem penhorados.

VEJA MAIS: 

VÍDEO: Sem sessão presencial, Câmara de Cajazeiras ignora crise e gasta mais de mil reais com canecas

O débito objeto da execução, que se encontra em fase de penhora, diz respeito ao descumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta firmado, no ano de 2017, por Dra. Paula, à época secretária de saúde de Cajazeiras, por Zé Aldemir (PP), prefeito municipal de Cajazeiras e por Thyago Macambira, à época secretário de administração municipal, se comprometendo a não contratar servidores para o município de Cajazeiras e realizar concurso público.

Como o acordo não foi cumprido, o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que impõe multa aos executados na presente ação, está sendo objeto de execução extrajudicial, na 4ª Vara Mista de Cajazeiras, já tendo bloqueado e penhorado bens dos executados, inclusive um veículo do prefeito José Aldemir.

Processo judicial. Foto: Reprodução PJE

Dessa vez, o alvo da penhora serão os possíveis bens existentes em nome da deputada estadual Dra. Paula que, com a decisão prolatada nesta terça-feira (20), agora está na mira do Ministério Público Estadual em busca de bens e valores para serem penhorados pela Justiça Estadual da Paraíba.

OUTRO LADO

A redação do Diário do Sertão, contatou Dra. Paula Francinete, José Aldemir e Thyago Macambira, ambos citados nessa matéria, mas as nossas ligações não foram atendidas ou retornadas até o fechamento desta matéria.

O Diário do Sertão, mantendo sua linha de jornalismo imparcial e isonômica e, para isto, disponibiliza o e-mail: diariodosertao@gmail.com, para que as pessoas citadas na matéria, caso assim desejem, enviem sua versão dos fatos.

DIÁRIO DO SERTÃO

LEI MARIA DA PENHA

VÍDEO: Delegado diz que suspeito de incendiar casa, em Cajazeiras, irá responder por violência doméstica

TALENTO SERTANEJO

VÍDEO: Natural de Uiraúna, autor de “A inveja mata” se apresenta no Acústico Diário com novos sucessos

ATO DE LOUCURA

VÍDEO: Durante briga com namorada, jovem de 23 anos toca fogo na casa dos pais, no Centro de Cajazeiras

PRÊMIOS

VÍDEO: Quarta edição do Bilhete Social Doação da Sorte sorteia uma TV Smart e mais R$ 50 mil em dinheiro

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!