header top bar

section content

VÍDEO: ‘Galega da Asa’ relata como matou jovem durante confusão em bar na zona rural de Cajazeiras

Maria Isabelle Oliveira de Melo, conhecida como "Galega da Asa", de 24 anos, relatou aos jornalistas como ela matou a facadas Nikelly Bruna dos Santos, de 23 anos

Por Jocivan Pinheiro

28/07/2021 às 15h13 • atualizado em 28/07/2021 às 15h19

Antes de adentrar à delegacia para prestar depoimento e ficar à disposição da Justiça, a jovem Maria Isabelle Oliveira de Melo, conhecida como “Galega da Asa”, de 24 anos, relatou aos jornalistas como matou a facadas Nikelly Bruna dos Santos, de 23 anos, no domingo (25) em um bar da zona rural de Cajazeiras. Ela afirma ter agido em legítima defesa.

“Fui pra essa farra no Bar do Cabeludo e acabou que lá eu me esbarrei com ela e pedi desculpa. Eu já estava indo embora, ela voltou com uma pedra e tacou na minha cara”, disse Maria Isabelle. Em seguida ela admite que aplicou três golpes de faca na vítima e afirma que está arrependida.

VEJA TAMBÉM

Mulher suspeita de matar jovem de 23 anos na zona rural de Cajazeiras é presa em Campina Grande

Maria Isabelle foi presa na manhã desta quarta-feira (28) em uma pousada no bairro das Malvinas, em Campina Grande. Ela é ex-presidiária e cumpria pena por tráfico de drogas. No dia do crime, após matar a vítima, ela teria quebrado uma tornozeleira eletrônica que usava na perna.

O homicídio aconteceu na madrugada de domingo para segunda em um bar localizado no sítio Terra Molhada, na zona rural de Cajazeiras. Segundo a polícia, a vítima foi socorrida para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), mas não resistiu aos ferimentos.

DIÁRIO DO SERTÃO

LIÇÃO DE VIDA

VÍDEO: MC cajazeirense passa dificuldades por causa da pandemia e vende água no semáforo

RELIGIÃO

VÍDEO: Mestre em Ciências da Religião conta detalhes da vinda de Frei Damião ao Brasil e lembra 1ª missa

EM SÃO JOSÉ DE PIRANHAS

VÍDEO: Bolsonaro é recebido por apoiadores e entrega trecho final do Eixo Norte da transposição

SITUAÇÃO DELICADA

VÍDEO: Em Pombal, mulher sem comida em casa e com risco de perder a visão pede ajuda para tratamento

Recomendado pelo Google: