header top bar

section content

VÍDEO: Sem presidente, Atlético de Cajazeiras corre risco de não participar do Campeonato Paraibano 2022

Segundo comentarista esportivo, o prefeito José Aldemir não está dando o devido apoio ao Trovão Azul do Sertão

Por Moisés Conrado

25/10/2021 às 18h47

O comentarista esportivo e advogado Léo Feitosa, em sua participação no Programa Diário News da TV Diário do Sertão desta segunda-feira (25), fez um apelo a prefeitura municipal de Cajazeiras para socorrer o Atlético de Cajazeiras, que poderá ficar fora do Campeonato Paraibano 2022.

Segundo Léo Feitosa, na última sexta-feira (22), aconteceu uma reunião com o ex-vereador Neguinho do Mondrian e nada foi definido sobre a participação do Atlético no Campeonato Paraibano de Futebol.

Na reunião, ficou acertado que Eduardo Jorge (Edu Batera) não será mais presidente do Atlético, já que o mesmo está morando em João Pessoa.

Para o comentarista esportivo, a participação do Atlético de Cajazeiras continua indefinida, e a única coisa que o time sertanejo adquiriu até agora foi acumular mais dívidas.

“Nós estamos no dia 25 de outubro e se quer temos um presidente. Prefeito José Aldemir, o senhor vai permitir que na sua gestão o Atlético se acabe? criticou Léo Feitosa.

A reunião do Conselho Arbitral acontece 60 dias antes do início do Campeonato. As informações dão conta que, no máximo até o dia 12 de novembro, o novo presidente do Atlético precisa ser definido, caso isso não ocorra, o time ficará de fora do Campeonato Paraibano de Futebol 2022.

A redação do Diário do Sertão conversou por telefone com o ex-vereador Neguinho do Mondrian, que atualmente é o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Mulher denuncia abandono de posto de saúde em Cajazeiras: “Quem se consultam são os cavalos”

Segundo Neguinho, a reunião foi convocada depois que Eduardo Jorge ligou para ele confirmando que não tinha mais interesse em ser o presidente do Atlético.

“Nós estamos aguardando Eduardo oficializar por escrito sua renúncia para, em seguida, seguirmos os trâmites legais e convocarmos uma nova eleição”, esclareceu Neguinho do Mondrian.

Sobre as dívidas contraídas pela última gestão, o ex-vereador disse que também aguarda a prestação de contas de Eduardo Jorge e a escolha do novo presidente para depois buscar os meios para quitar as dívidas pendentes.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
FATALIDADE

VÍDEO: Sepultamento de jovem que morreu de descarga elétrica é marcado por muita comoção em Cajazeiras

ARREPENDIDO?

VÍDEO: Bolsonaro diz que não sabe ‘onde estava com a cabeça’ quando decidiu ser candidato a presidente

OPINIÃO

VÍDEO: “Parece que existe uma força-tarefa em Brasília para que Lula seja candidato”, diz advogado

APOIADOR DE BOLSONARO

VÍDEO: Cajazeirense diz que falta coragem na oposição e se lança pré-candidato para disputar com João

Recomendado pelo Google: