header top bar

section content

URGENTE: Ministro do STF concede liminar e determina diplomação e posse de Allan Seixas em Cachoeira

Candidatura de Allan havia sido indeferida no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base em uma ação que o acusa de tentar exercer terceiro mandato consecutivo

Por Jocivan Pinheiro

30/11/2021 às 21h00 • atualizado em 30/11/2021 às 21h25

Allan Seixas, prefeito eleito de Cachoeira dos Índios

Na noite desta terça-feira (30), o ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar que determina a diplomação e a posse imediatas do prefeito eleito de Cachoeira dos Índios, no Sertão paraibano, Allan Seixas (PSB).

A candidatura de Allan Seixas havia sido indeferida, por maioria de votos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base em uma ação judicial que o acusa de estar tentando exercer um terceiro mandato consecutivo. Na decisão, o TSE estabeleceu nova eleição no município, mas a data ainda não foi definida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Na noite desta terça, a defesa de Allan conseguiu uma vitória com o ministro Nunes Marques, que determina, por meio de liminar, a diplomação e posse do prefeito eleito.

“Do exposto, defiro o pedido formulado, para suspender os efeitos das decisões que importaram o indeferimento do registro e determinar a diplomação e a posse imediatas do requerente no cargo de Prefeito do Município de Cachoeira dos Índios/PB. 4. Comuniquem-se o Tribunal Superior Eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral do Estado da Paraíba e a Câmara de Vereadores de Cachoeira dos Índios/PB 5. Publique-se”, diz trecho da liminar.

VEJA TAMBÉM

TSE mantém indeferimento de allan Seixas e decide por novo pleito em Cachoeira dos Índios

A ação contra Allan Seixas alega que ele estaria tentando exercer um terceiro mandato seguido porque em 2016, quando era vice-prefeito, assumiu o município na ausência do então prefeito. Porém, a defesa de Allan afirma que foram por apenas 8 dias e que isso não configura um mandato. No pleito de 2020, Allan Seixas obteve 3.150 votos (52,26%) contra 2.878 votos (47,74%) de Quinha Moura (PP).

Print de trecho da liminar

DIÁRIO DO SERTÃO

AVALIAÇÃO NEGATIVA

VÍDEO: Presidente do PT municipal critica ausência de Zé Aldemir e diz que Cajazeiras está sem prefeito

MOTIVO DE SAÚDE

VÍDEO: Prefeito de Sousa cancela entrevista após se sentir ‘indisposto’; secretário não confirma Covid

161ª VÍTIMA FATAL

VÍDEO: Idosa de 104 anos morre na cidade de Sousa e exames confirmam que ela tinha Covid-19

EFEITO NAS PESQUISAS

VÍDEO: Militante avalia que Bolsonaro está ‘derretendo’ porque fake news não estão mais surtindo efeito

Recomendado pelo Google: