header top bar

section content

VÍDEO: Balanço Diário visita família de Ciganos em Sousa e presencia estado de miséria; veja como ajudar

A casa é uma abrigo de taipa onde reside uma família de cinco pessoas e entre eles um bebê recém-nascido. Faltam roupas, alimentos, móveis e a situação é indigna de um ser humano

Por Luiz Adriano

01/04/2022 às 10h07 • atualizado em 01/04/2022 às 10h18

Inacreditável, estarrecedor, triste, desumano… todos esses adjetivos são minúsculos comparado ao que a produção do programa Balanço Diário viu de perto na última quarta-feira (30), quando visitou uma família de ciganos, na cidade de Sousa, no Sertão paraibano.

A visita foi realizada através de um pedido feito por um morador da localidade por nome de Alex Sandro. Ele disse ao apresentador Fernando Antonio que se condoeu ao ver a situação da família, e por acompanhar o programa Balanço Diário decidiu entrar em contato com a produção.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Catadora de reciclagem canta ao vivo e ganha presente da produção do Balanço Diário

Fernando Antonio entrevistando o chefe da família. (Foto: TV Diário do Sertão).

O local fica no Bairro Sorrilandia III, na comunidade Várzea das Almas. A casa é uma abrigo de taipa onde reside uma família de cinco pessoas e entre eles um bebê recém-nascido.

O LOCAL

Banheiro utilizado pela família. (Foto: print de tela).

A situação degradante do local vai desde o banheiro, o qual é um ambiente com três lados e uma parte aberta, localizado fora da casa e rodeado por mato. O interior da residência impressiona: a geladeira com a porta arrancada, roupas colocadas dentro de bolsas e sacolas, um fogão que foi doado, mas não tem como comprar o botijão de gás, e a situação deteriorada da casa que a qualquer momento pode desmoronar.

O chefe da família, o sr. Vicente Galdino dos Santos, de 49 anos, disse que é impossibilitado de trabalhar. Segundo ele, não possui um rim e tem deficiência em um dos braços. A família vive de doações e quando a esposa sai para pedir esmolas.

A CASA

Situação da estrutura da residência. (Foto: print de tela).

Vicente mostrou a situação da estrutura da casa e disse que quando chove a família teme haver o desmoronamento por cima deles. Ele disse que no momento da chuva, ele se agarra com o netinho com medo do pior acontecer.

PRECONCEITO

Jovem mãe de recém-nascido chora ao falar da situação. (Foto: print de tela).

A mãe da criança, por nome de Kátia, se emocionou ao falar com Fernando Antonio e disse que o pai de seu filho sumiu e não deu mais notícias. Ela falou que não consegue emprego na cidade porque há preconceito quando as pessoas ficam sabendo que são ciganos.

“Meu menino precisando de leite, de fralda, de tudo, uma situação dessa na nossa casa…aqui ninguém dá oportunidade a nós de trabalho, como nós somos ciganos a maioria tem preconceito e não dar”, relatou a jovem.

COMO AJUDAR

A família está precisando urgentemente de comida, roupa, um lugar para morar… de uma vida digna.

Quem puder ajudar com roupas e alimentos, basta entrar em contato pelo número (83)-99896-7547; quem quiser contribuir por meio de depósito ou transferência, segue a conta bancária do vizinho da família, Alex Sandro Duarte Araújo: Banco Bradesco, Agência: 1594-6, Conta: 0044742-0.

PIX:

Quem preferir usar o PIX para ajudar, segue a chave: 097.691.894-30.

Assista o programa Balanço Diário da última quarta-feira (30) na íntegra:

DIÁRIO DO SERTÃO

NA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Carreta pega fogo na BR-405 entre São João e Uiraúna e veículo fica totalmente destruído

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: “Será uma grande festa da democracia”, diz advogado sobre debates no Sistema Diário do Sertão

NA TV DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: Rádio Liberdade FM de Pombal firma parceria para transmitir debate com candidatos ao governo

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista e ativista político acreditam que Lula encara debates e que Bolsonaro foge do embate

Recomendado pelo Google: