header top bar

section content

VÍDEO: Morre Severino Dantas, ex-vereador de Cajazeiras e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores

Natural de São João do Rio do Peixe, Severino Dantas era servidor público aposentado e exerceu o mandato de vereador em Cajazeiras entre os anos de 1997 e 2012, pelo Partido dos Trabalhadores

Por José Dias Neto

27/05/2022 às 11h31 • atualizado em 27/05/2022 às 12h38

O ex-vereador Severino Dantas Fernandes, 79 anos, faleceu na manhã desta sexta-feira (27) no Hospital Regional de Cajazeiras, onde se recuperava de uma cirurgia. Natural de São João do Rio do Peixe, Severino Dantas era servidor público aposentado e exerceu o mandato de vereador em Cajazeiras entre os anos de 1997 e 2012, pelo Partido dos Trabalhadores.

De acordo com informações do hospital, a suspeito é que Severino tenha sofrido um infarto fulminante.

Sua atuação em Cajazeiras iniciou com o trabalho no Sindicato dos Trabalhadores em Educação defendendo a classe, que era luta do seu partido na época. Nesse mesmo período ele se candidatou a prefeito da terra do Padre Rolim.

O petista contou que não obteve êxito na candidatura a prefeito, mas preparou sua candidatura a vereador, que disputou na campanha seguinte permanecendo 16 anos ininterruptos no mandado (1997-2012).

O velório de Severino Dantas será às 13h na Câmara Municipal de Cajazeiras.

Severino Dantas Fernandes, 79 anos. Foto: Diário do Sertão

ÚLTIMA ENTREVISTA

Em novembro de 2015, o ex-vereador da cidade de Cajazeiras, Severino Dantas (PT), prestou uma entrevista ao programa Interview da TV Diário do Sertão. Na oportunidade, o petista destacou sua participação parlamentar na apresentação de importantes projetos, defesa dos menos favorecidos e graves denúncias contra a classe política do município.

Severino ainda lembrou da atuação junto ao presidente Lula, nas lutas sindicais e em defesa dos trabalhadores. (O vídeo da entrevista na íntegra está no topo da matéria).

Ex-vereador de Cajazeiras, Severino Dantas

BIOGRAFIA

Natural de São João do Rio do Peixe, Severino Dantas era servidor público aposentado e exerceu o mandato de vereador em Cajazeiras em quatro mandatos consecutivos pelo Partido dos Trabalhadores.
Um comunista egresso do Partido Operário Revolucionário Trotskista (PORT), seção brasileira da Quarta Internacional Socialista Posadista (PORT-P), fundado em 1955, onde o mesmo realizou intenso trabalho para o aliciamento e recrutamento de estudantes, camponeses e outras classes, em Antenor Navarro (atual São João do Rio do Peixe), Campina Grande e João Pessoa, na Paraíba.

No ano de 1956, saiu da Comunidade Bálsamo, no município de Antenor Navarro, com o objetivo de estudar no Seminário dos Franciscanos, localizado em Triunfo (PE). Em seguida, em 1962, mudou-se para João Pessoa, ocasião em que ingressou nos movimentos estudantis e em seguida nas Ligas Camponesas lideradas no Nordeste pelo advogado e ex-deputado federal Francisco Julião Arruda de Paula, sendo seus companheiros todos integrantes do Partido Operário Revolucionário (Trotskista) no ano de 1964.

Com o advento do Golpe Militar, Severino Dantas foi compelido a abandonar as atividades estudantis, bem como, seu emprego no Movimento de Alfabetização Popular – Método Paulo Freire, extinto pelo citado Golpe. Depois do Golpe Militar de 1964, juntamente com outros companheiros, passou a viver na clandestinidade realizando vários eventos como o objetivo de rearticular o movimento popular das Ligas Camponesas e os movimentos estudantis através do famoso “Grupo dos 5” e dando continuidade ao movimento nacionalista encabeçado por Leonel Brizola.

Em 1965 mudou-se para Fortaleza (CE), onde, junto com outros companheiros fundou uma Secção Brasileira da Quarta Internacional, mas permaneceu naquele estado somente até dezembro de 1965, pois o grupo havia sido descoberto pela polícia, que passou a prossegui-Io, e por segurança, partiu para São Paulo para participar de cursos de formação política e tentar uma vaga no mercado de trabalho.

Em janeiro de 1966, Severino Dantas deixou a cidade de São Paulo com destino a Porto Alegre (RS) e de lá para Montevidéu, capital do Uruguai e em seguida, de barco, foi para a Argentina, onde, após viver clandestinamente alguns anos, recebeu do governo argentino autorização de permanência naquele país.

Em 1984, era membro do Diretório Regional do PT no Estado da Paraíba. Em 1986, disputou as eleições para o cargo de deputado federal pelo PT. Em 1992, disputou a eleição para prefeito de Cajazeiras. Eleito no ano 2000, Severino Dantas foi vereador em Cajazeiras por quatro mandatos consecutivos em Cajazeiras, até 2016, pelo Partido dos Trabalhadores.

DIÁRIO DO SERTÃO

ABSURDO

VÍDEO: Em 11 dias do Censo 2022 na Paraíba, recenseadores são assaltados e um dos casos é no Sertão

PARABÉNS

VÍDEO: Madeirart’s é escolhida a melhor marcenaria de Cajazeiras pela pesquisa Os Melhores do Ano

CÂMARA DE VEREADORES DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Na estreia, programa Câmara em Ação recebe Eriberto Maciel e destaca projetos e concurso

AINDA FALTA

VÍDEO: Ex-chefe da SUDEMA defende construção de terceiro eixo da transposição para o Vale do Piancó

Recomendado pelo Google: