header top bar

section content

CAPS Infantil desenvolve projeto de inclusão de horta comunitária nas atividades terapêuticas dos usuários

As oficinas exercem papel fundamental tanto como elemento terapêutico, como promotoras de reinserção social. Confira as fotos e todos os detalhes aqui!

Por

02/10/2014 às 13h06

O CAPS infantil e juvenil conta com uma equipe técnica multidisciplinar (Foto: ascom)

Desde que foi implantado em Sousa, o Centro de Atenção Psicossocial Infantil e juvenil João Paulo II conhecido como “CAPSi” tem procurado seguir sempre o lema de cuidar da saúde mental da criança e adolescente.

O CAPS infantil e juvenil conta com uma equipe técnica multidisciplinar que realiza atendimentos em Sousa e mais 08 municípios pactuados objetivando sempre a reinserção social do público alvo que são crianças e adolescentes na faixa etária de 0 a 17 anos 11 meses e 29 dias que apresentam algum tipo de sofrimento psíquico.

No sentido de criar opções de atividades diárias do CAPSi, as equipes do Centro de Atenção Psicossocial e  Secretaria de saúde do município de Sousa, elaboraram um projeto denominado “Projeto horta comunitária” que vai contar também com a parceria do IFPB.

A proposta da horta surge de um modelo conhecido como, oficinas terapêuticas que visam restabelecer a cidadania da pessoa com transtornos mentais. Com isso as oficinas exercem papel fundamental tanto como elemento terapêutico, como promotoras de reinserção social.

O Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil da cidade de Sousa estabeleceu como finalidade que os usuários tenham atividades terapêuticas e ocupacionais incluídas nas atividades diárias e para isso esta criando a horta terapêutica, que irá proporcionar o relaxamento através do contato com a natureza e a alegria na produção de hortaliças que poderão ser utilizadas nas refeições diário e promover atividades de cultivo de plantas. As hortaliças a serem semeadas ou transplantadas em canteiros serão as seguintes: Coentro, alface, pimentão, rúcula, rabanetes, pimenta de cheiro entre outros.

Fonte: Decom

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador