header top bar

section content

Cemitérios de Cajazeiras estão recebendo melhorias para o dia de finados

Para o Dia de Finados a Secretaria de Infra-estrutura montou um esquema especial de limpeza e de segurança, em parceria com a SCTRANS e PPTRAN.

Por

28/10/2009 às 23h50

Os cemitérios de Cajazeiras começaram a ser limpos para as visitas do Dia de Finados, que será celebrado no próximo dia 2 de novembro. A ação de higienização envolve cerca de 50 servidores, entre, garis e pedreiros, e a previsão é que todo o trabalho seja concluído até o próximo dia 30 de outubro.

Além de promover a limpeza do equipamento público, a Secretaria de Infra-estrutura montou um esquema especial para o dia das visitas. Os servidores da Infra-estrutura estão desenvolvendo ações de varrição, capinagem, roço, pintura e coleta de resíduos

A Secretaria vem realizando, também, a poda das árvores que estão dentro dos cemitérios e na região do entorno. Todo o material cortado já está sendo, recolhido pela Secretaria. 

Segundo informou Alan Abreu, sub-secretário de Infra-estrutura, além de cuidar dos equipamentos públicos, a secretaria também está preparando a região do entorno dos cemitérios, como ruas, terrenos e praças: "Nós estamos tendo um cuidado todo especial com toda a região que fica em volta da área onde os cemitérios estão localizados".

Para o Dia de Finados a Secretaria de Infra-estrutura montou um esquema especial de limpeza e de segurança, em parceria com a SCTRANS e PPTRAN.

A cidade de Cajazeiras possui três cemitérios: Coração de Maria, no centro; Nossa Senhora Aparecida I e II, no Bairro Vila Nova.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

Recomendado para você pelo google

SUCESSO

VÍDEO: Programa Acústico Diário recebe o cantor cajazeirense Fabinho Mendes com os sucessos do momento

VÍDEO

Corpo jovem desaparecida é encontrado em avançado estado de decomposição; amiga fala da relação com o ex

AO VIVO

ESPECIAL: Sessão da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba em Cajazeiras – 156 anos

VÍDEO

Em entrevista no Sertão, presidente da Assembleia revela distanciamento entre Ricardo e João Azevêdo