header top bar

section content

MP decide acionar Justiça para evitar fechamento de prefeituras

O Ministério Público Estadual vai acionar o Poder Judiciário para evitar o fechamento de 15 prefeituras no Alto Sertão da Paraíba. A revelação foi feita pelo procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho. Ele considerou um absurdo os prefeitos terem decidido fechar por dez dias as portas dos órgãos públicos para a população. A […]

Por

21/09/2009 às 23h36

O Ministério Público Estadual vai acionar o Poder Judiciário para evitar o fechamento de 15 prefeituras no Alto Sertão da Paraíba. A revelação foi feita pelo procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho. Ele considerou um absurdo os prefeitos terem decidido fechar por dez dias as portas dos órgãos públicos para a população. A paralisação está marcada para o período entre 23 setembro a 2 de outubro.

“Essa decisão é preocupante porque a população não pode ficar desassistida. Evidente que essa é uma situação em que os promotores de cada localidade dessas devem estar atentos para, em havendo esse tipo de atitude, entrarem com medida judicial contra os gestores, a fim de garantir que as prefeituras permaneçam abertas para dar situação de segurança à população”, asseverou Trigueiro.

Ele também criticou a interdição das BRs pelos prefeitos, violando o direito de ir e vir das pessoas. Sem entrar no mérito da motivação do protesto dos prefeitos, Oswaldo Trigueiro ponderou que a sociedade não pode ser prejudicada pela manifestação dos prefeitos. “Esse fechamento de prefeituras não tem sentido”, pontuou o procurador-geral de Justiça.

Fonte: Jornal da Paraíba

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”