header top bar

section content

Prefeito diz que vai provar inocência no TJ

O prefeito de Marizópolis, José Vieira da Silva (PTN), disse estar tranquilo quanto sua inocência sobre a denúncia feita pelo Ministério Público e aceita pelo Tribunal de Justiça da Paraíba nessa quarta-feira. “O TJ apenas recebeu a denúncia para analisar o processo. Isso não significa condenação prévia. No decorrer da análise, vamos provar que sempre […]

Por

18/09/2009 às 09h52

/O prefeito de Marizópolis, José Vieira da Silva (PTN), disse estar tranquilo quanto sua inocência sobre a denúncia feita pelo Ministério Público e aceita pelo Tribunal de Justiça da Paraíba nessa quarta-feira. “O TJ apenas recebeu a denúncia para analisar o processo. Isso não significa condenação prévia. No decorrer da análise, vamos provar que sempre agimos com correção”, assegurou o gestor.

Vieira afirmou que as denúncias sobre suposto rateio de valores pagos a servidores municipais são completamente infundadas e baseadas apenas em ilações feitas por adversários políticos, usando ex-servidores que deixaram de prestar serviços ao Governo Municipal e passaram a ser “teleguiados” por políticos da oposição.

“Quem conhece nossa prática política de sempre ajudar as pessoas mais carentes do nosso município sabe que jamais eu iria sujar minha biografia tirando dinheiro de assalariados”, explicou José Vieira da Silva.

Para ele, o que existe um esquema de denúncias vazias por parte dos seus opositores. Zé Vieira, como é mais conhecido, revelou ser vítima de uma operação que consiste em denuncia-lo em todas as instâncias judiciais, apenas para provocar desgaste na sua imagem pública. “Mas a verdade vai sempre vencer no final”, finalizou.


Fonte: Assessoria

Tags:
SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa