header top bar

section content

Marizopolis e Narazerinho contratam 100% a mais que os servidores efetivos

No sertão, o TCE constatou que algumas prefeituras estão contratando um número superior ao quadro efetivo, sendo esta pratica, não permitida por lei.

Por

13/09/2009 às 09h05

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba está mesmo descobrindo varias irregularidades nas prefeituras paraibanas, após a divulgação das despesas e receitas no sagres, por ultimo o TCE determinou a divulgação da relação de todo o quadro funcional dos municípios, objetivando deixar mais transparente as contratações feitas de forma irregular.

No sertão, o TCE constatou que algumas prefeituras estão contratando um número superior ao quadro efetivo, sendo esta pratica, não permitida por lei.

Conforme a corte, as prefeituras não podem contratar servidores, que não sejam através de processo seletivo ou concurso público, sob pena de terem suas contas reprovadas. 

Municípios

Efetivos

Contratados

Comissionados

Funçãode Confiança

População

Valor Total da Folha

Cajazeiras

1.516

319

59

33

 57.875

1.738.054,74

Sousa

 1.430

 814

 96

 –

65.930 

 2.302.906,09

São J. do R. do Peixe

 320

 295

 98

 –

 18.323

 595.457,11

São J. de Piranhas

 597

 64

 184

 –

 19.566

 583.574,01

Uiraúna

 594

 

 44

 –

 14.963

 408.849,34

São J. da Lagoa Tapada

 199

 03

 93

 –

8.067 

 100.753,51

Monte Horebe

 182

 13

 35

 –

4.498  

 183.144,02

Triunfo

 342

 48

 46

 –

9.968  

 300.203,01

Santa Helena

 254

 23

 60

 –

 6.198

 252.061,23

Santarém

 179

 20

 86

 –

2.749 

 213.478,10

Poço José de Moura

 227

23 

 89

 –

 4.118

 285.676,75

Poço Dantas

 166

 14

 74

 –

4.046  

 216.199,47

Catolé do Rocha

1.088

10

12

 –

 28.468

1.113.594,94

Itaporanga

748

 –

– 

 –

23.224 

 652.346,96

Marizopolis

139

76

48

18

 6.457

202.296,87

Nazarezinho

178

230

39

 –

 7.248

289.926,34

Bernardino Batista

158

23

25

 –

 3.315

155.611,51

Bom Jesus

109

02

33

 –

 2.305

116.438,49

Cachoeira dos Índios

299

18

69

 –

8.693 

306.663,81

Carrapateira

142

 

16

 –

2.347  

134.055,14

Conforme consta no site do TCE, apenas o municipio de Bonito de Santa Fé, não informou a corte, as despesas com pessoal, implicando em provável punição por descumprimento a determinação do Tribunal que estabeleceu o dia 31 de agosto, como prazo final para que todas as prefeituras informassem todo o quadro efetivo, comissionado e contratado para publicação no sagres. 

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo