header top bar

section content

Mototaxi: Uma lição do Sertão da Paraíba para o mundo

A Chama Moto, já consolidada em Cajazeiras-PB com mais de 3.900 clientes cadastrados e ativos, tinha planos de começar o processo de expansão para as demais cidades do Nordeste.

Por Redação Diário

22/12/2020 às 16h20

Mototaxi: Uma lição do Sertão da Paraíba para o mundo

O ano de 2020 foi extremamente desafiador para as empresas. Muitas, infelizmente, não conseguiram superar as dificuldades impostas pela pandemia e fecharam suas portas definitivamente. Entretanto, outras se reinventaram e ganharam mais destaque no mercado e, principalmente, junto aos seus clientes. Uma dessas empresas foi a Chama Moto, uma startup que desenvolve soluções de mobilidade para mototaxista que tem sua sede em Cajazeiras-PB.

A Chama Moto, já consolidada em Cajazeiras-PB com mais de 3.900 clientes cadastrados e ativos, tinha planos de começar o processo de expansão para as demais cidades do Nordeste. Entretanto, a pandemia os fez recuarem e refazerem seus planos. “Assim como as maiores startups de mobilidade do mundo, como a UBER e 99, fomos afetados significativamente pela pandemia, pois as pessoas estavam impossibilitadas de se deslocarem”.

Entretanto, a startup não ficou aguardando a normalidade retornar. Aproveitou o momento para reavaliar seus processos e escutar ainda mais os usuários do aplicativo. “Literalmente, abordamos 20% dos clientes que representavam 80% de nossas corridas. Realizamos entrevistas remotas com os passageiros para entender melhor sua jornada e criamos um banco de sugestões. Esse banco de sugestões que nos guiaram quanto aos ajustes necessários e irão nos direcionar quanto ao desenvolvimento de novas funcionalidades”.

Dado ao conjunto de ações que desenvolveu, a Chama Moto conseguiu aumentar em mais de 46% sua base de cliente e pulou para 5.697 clientes cadastrados. Realizou mais de 50.000 corridas, que em quilômetros equivalem a duas voltas na Terra, e o mais importante, sem nenhum incidente ou ocorrência com os passageiros e mototaxistas.

A Chama Moto já distribuiu mais de R$ 200.000,00 de faturamento somente com os mototaxistas de Cajazeiras-PB. Segundo seu fundador, João Paulo, “Nenhuma empresa ou entidade já distribuiu um valor tão alto com a categoria. Somos o maior programa de inclusão digital de mototaxista e queremos levar isso para todos os recantos do Brasil. Todo o faturamento é, e sempre será, para os mototaxistas e jamais iremos cobrar comissão em cima do seu trabalho, pois são eles que estão expostos na rua. Nosso objetivo como empresa é criar a cultura de Comunidade com os mototaxistas e ofertar serviços para sanar suas dificuldades.”

“Muitos me perguntam ‘como a Chama Moto ganha dinheiro?’, mas eu sempre respondo: ‘Como ela pode te ajudar?’. A Chama Moto tem uma responsabilidade mais que econômica, nossa responsabilidade é social. Queremos levar as pessoas de um ponto a outro da maneira mais justa e segura possível”.

RECONHECIMENTO NACIONAL E INTERNCAIONAL
A Chama Moto ganhou importante destaque nacional e internacional por suas ações e proposta de valor com os mototaxistas durante o ano de 2020. Em março, foi selecionada pelo Programa Centelha que é mantido pela FAPESQ-PB com o apoio da Finep e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação. Em maio, foi convidada a ser expositora Startup Day. O Startup Day é um evento idealizado pelo Sebrae com o ecossistema de inovação que acontece, simultaneamente, em todo o Brasil. Em julho, foi certificada pela InovAtiva, maior programa de capacitação e aceleração de startups do país realizado pelo SEBRAE e Ministério da Economia. Em novembro, foi beneficiada pelo programa de apoio a startups do Google, bem como, foi umas das startups finalistas do Capital Empreendedor 2020. Em dezembro, foi aprovada para participar do Founder Institute, que é o maior programa de aceleração early stage e lançadora de startups do mundo.

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Trecho que vai levar água da transposição para Cajazeiras será concluído em julho de 2021

SAÚDE

VÍDEO: Secretário de saúde diz que a PB está pronta para receber vacinas, mas presidente adia campanha

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!