header top bar

section content

Atriz cajazeirense é fotografada totalmente nua em quarto de hotel em Brasília

A cajazeirense estava hospedada no hotel e tirou toda roupa sendo clicada por importante fotógrafo. Confira as fotos aqui!

Por

23/09/2015 às 15h18

Marcélia Cartaxo posou para um ensaio improvisado pelo fotógrafo paraibano Bertrand Lira

A atriz global, a cajazeirense Marcélia Cartaxo foi fotografada sem roupa em quarto de hotel do Distrito Federal.

A cajazeirense estava hospedada e aguardava o evento de premiação do 48º Festival de Cinema de Brasília, onde é forte candidata ao troféu de Melhor Atriz por "Big Jato", de Cláudio Assis.

Marcélia Cartaxo posou para um ensaio improvisado pelo fotógrafo paraibano Bertrand Lira. Nessa segunda-feira (21) foi a estreia de "Big Jato", do pernambucano Cláudio Assis, com Marcélia Cartaxo e Matheus Naschtergaele no 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, no Cine Brasília, e debate do filme no Hotel Kubistcheck.

 

História
Marcélia de Souza Cartaxo é uma atriz brasileira. Atriz versátil, no cinema teve destaque no filme A Hora da Estrela, baseado no romance de Clarice Lispector, que lhe rendeu vários prêmios, inclusive Urso de Prata no Festival de Berlim, e como uma prostituta, no filme Madame Satã

Evento
Seis filmes de longa-metragem e 12 filmes de curta e média-metragens de todos os gêneros irão competir no FESTIVAL DE BRASÍLIA DO CINEMA BRASILEIRO por prêmios no valor total de R$ 340 mil. Eles foram escolhidos dentre um número expressivo de inscritos: 130 longas-metragens, 221 médias e 237 curtas-metragens de vários estados.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”