header top bar

section content

VÍDEO: Advogada explica o que fazer quando o auxílio emergencial é indeferido injustamente

Ela afirma que, geralmente, o motivo dos indeferimentos é a suposta identificação de vínculo empregatício do cidadão com órgão público ou empresa

Por Jocivan Pinheiro

30/06/2020 às 15h37 • atualizado em 30/06/2020 às 15h44

Na coluna Direto ao Ponto desta semana, a advogada Juliane Lucena orienta o cidadão acerca do que fazer quando o auxílio emergencial do Governo Federal for indeferido injustamente.

Segundo a advogada, a maioria dos indeferimentos ocorre por motivo injusto. Nesse caso, o interessado deve procurar orientação jurídica.

VEJA TAMBÉM: Bolsonaro antecipa quais os possíveis valores das próximas parcelas do auxílio emergencial

Juliane revela que, geralmente, o motivo dos indeferimentos é suposta identificação de vínculo empregatício com órgão público ou empresa. Nesse caso, ele deve solicitar uma declaração afirmando que não há mais o suposto vínculo.

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista diz que os três candidatos a vice-prefeito em Cajazeiras são ‘retrocesso na história’

REBATENDO O PREFEITO

VÍDEO: Empresário rompe o silêncio e nega ter citado ex-prefeita Denise em delação da Operação Andaime

AGLOMERAÇÃO

VEJA: Em visita de Bolsonaro ao Sertão da PB, mulher pede para ele baixar kg do arroz e vídeo viraliza

FUNDADOR DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Morte de Padre Rolim completa 121 anos, e fato ganha minucioso estudo histórico de sacerdote

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!