header top bar

section content

FASP alega que foi vítima de golpe, e garante que seus diplomas são regularizados – Vídeo

Coordenador do curso de Direito da FASP afirma que todos os diplomas são regularizados e todos os cursos autorizados pelo MEC

Por Jocivan Pinheiro

21/12/2016 às 16h20 • atualizado em 21/12/2016 às 16h22

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação civil pública e a Justiça condenou uma instituição de ensino superior e pesquisa, juntamente com a Faculdade São Francisco da Paraíba (FASP), em Cajazeiras, por irregularidades na emissão de diplomas de conclusão de cursos. Segundo a ação, o referido instituto de pesquisa firmou convênio com a FASP para diplomar seus alunos, sendo que os cursos não são reconhecidos e autorizados pelo Ministério da Educação (MEC).

VEJA TAMBÉM: Justiça condena faculdade de Cajazeiras em ação por irregularidade em diplomas

Porém, o advogado e coordenador do curso de Direito da FASP, Joaquim Alencar, garante que todos os diplomas da faculdade são regularizados e todos os cursos autorizados pelo MEC. Segundo ele, a FASP foi apenas vítima de um golpe, tendo seu nome usado indevidamente por um homem em João Pessoa.

– A responsabilidade do que aconteceu foi do uso indevido do nome da instituição em João Pessoa por um cidadão chamado Nico Bolama, que inclusive foi preso por conta do que estava fazendo. Ele prejudicava os alunos. Atraía com nomes de instituições. Não foi só a FAPS que ele utilizou o nome, utilizou de outras instituições para atrair os alunos, e os alunos prejudicados reclamaram – justifica o advogado.

Coordenador do curso de Direito da FASP, Joaquim Alencar

Joaquim Alencar esclarece ainda que todos os cursos da FASP são autorizados pelo MEC, porém o curso de Direito ainda não foi reconhecido, e esse processo leva um pouco mais de tempo. No entanto, segundo ele, mesmo ainda não tendo sido reconhecido, o diploma é regularizado.

– A FASP nada fez. Ela foi vítima, uma das vítimas. Todos os cursos da FASP, sem exceção, foram autorizados. A FASP não tem nenhum curso com problema.

DIÁRIO DO SERTÃO

PARA EVITAR INFECÇÃO

VÍDEO: UPA de Sousa ‘foi dividida em dois setores’ para atender casos de coronavírus, afirma diretor

NA TV DIÁRIO DO SERTÃO

Conhecido cantor cajazeirense diz durante entrevista: “Esse momento como tantos outros, vai passar”

DIRETOR DA UNIDADE

VÍDEO: Médico desmente boato sobre funcionários com Covid-19 em hospital de Sousa e anuncia teste rápido

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Padre elogia formação de comitês e pede engajamento da população na prevenção ao coronavírus

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!