header top bar

section content

VÍDEO: Durante evento em Cajazeiras, professor denuncia violência do governo do Rio Grande do Norte

Presidente da ADUERN acusou o governador de ser violento e criminoso contra grevistas

Por Jocivan Pinheiro

27/11/2017 às 19h09

Durante visita a Cajazeiras neste fim de semana, onde esteve participando do 5º Encontro da Regional Nordeste II do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES-SN, o presidente da Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (ADUERN), Alexsandro Donato, deu detalhes da greve deflagrada há mais de 15 dias por professores e servidores da UERN.

Ele explicou que a principal reivindicação é por pagamento de salários atrasados e acusou o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), de ser violento e criminoso contra os grevistas porque teria ordenado a Polícia Militar a retirar à força os manifestantes que ocupavam a Secretaria de Planejamento do Estado na tentativa de ter uma assembleia com o governador. O sindicalista conta que a PM usou bombas e gás lacrimogênio para expulsar os grevistas.

“Estou há 12 anos como professor desta instituição que muito me orgulha e nunca vivi uma situação como essa. O Governo do Estado tem nos tratado dessa forma. Ele escolheu pagar outras questões do Estado, mas os servidores estão sendo afetados com seus salários atrasados”, afirma Alexsandro.

Em Cajazeiras, membros da ADUERN e da ADUC (Associação dos Docentes Universitários de Cajazeiras) discutiram maneiras de tentar unir forças no combate às reformas do governo Temer que atacam o trabalhador e sucateiam a educação. “A universidade tem sofrido uma série de ataques. Quando a gente fala em greve por dignidade, também estamos pensando em nossos alunos.”, frisou Alexsandro.

DIÁRIO DO SERTÃO

RÉU DA OPERAÇÃO CALVÁRIO

VÍDEO: Advogado esclarece o que muda no processo de Ricardo após autorização para retirar tornozeleira

OBSTRUÍDAS

VÍDEO: Comandante da PM dá detalhes do protesto que parou a pavimentação da estrada de Boqueirão

AÇÕES DE MORO

VÍDEO: Advogado lista equívocos e ilegalidades no processo da Lava Jato que prendeu Lula

ESTRATÉGIAS

VÍDEO: Jornalista acredita que Carlos Antônio pode indicar vice de Marquinhos fazendo acordo para 2022

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!