header top bar

section content

No Dia do Professor, cajazeirense revela que frequentava escola motivado pela “merenda”

O Interview da TV Diário do Sertão entrevistou neste “Dia do Professor”, 15 de outubro, o filósofo, professor e escritor Damião Fernandes.

Por

15/10/2014 às 18h56

Filósofo Damião Fernandes no Interview da TV Diário do Sertão

O Interview da TV Diário do Sertão entrevistou neste “Dia do Professor”, 15 de outubro, o filósofo, professor e escritor Damião Fernandes.

Natural de Cajazeiras, membro de uma família grande e humilde, ele falou da infância difícil, revelando que sua mãe matriculava os filhos na escola pela merenda, pois era um lugar de sobrevivência. “Minha motivação era para comer não era para aprender”.

Damião Fernandes revelou que mesmo com os programas federais de assistência aos mais humildes, histórias como as suas ainda são corriqueiras. “Conheço ex-alunos meus que só se alimentam na escola”.

Ele contou que estudou todo ensino médio no tradicional Colégio Diocesano, que era custeado por um casal italiano. “Consegui tudo isso através da Irmã Fernanda. Ele forjou a pessoa que sou hoje”.

Superior
O escritor revelou que também foi muito difícil concluir o ensino superior, pois a faculdade era particular e ficou algum tempo desempregado. “Consegui uma ajuda de 50%  e restante tive que me virar para conseguir”.

Superação
Atualmente o Professor Damião Fernandes é aluno de Mestrado em Educação no PPGE/UFPB e professor de Filosofia da FAFIC, Faculdade em que ele estudou.

Veja Vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:
"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’