header top bar

section content

Prefeitura de Monte Horebe emite Nota para explicar suspensão do concurso público

A Ação Civil Pública, ajuizada pelo Ministério Público.

Por Luzia de Sousa

06/09/2016 às 10h31 • atualizado em 06/09/2016 às 10h10

Prefeitura explica suspensão do concurso público

A prefeitura de Monte Horebe  divulgou uma Nota nesta terça-feira (6) para explicar a decisão da da juíza da Comarca de Bonito de Santa Fé, Silse Maria da Nóbrega Torres, que suspendeu nessa segunda-feira (5) o concurso público da cidade.

+ Prefeitura da região de Cajazeiras divulga edital para 40 vagas; Salários de até R$ 5 mil

A decisão se deu, pelo fato da juíza entender que a lei municipal n° 261/2007, que dava suporte a realização do concurso é inconstitucional, e que a referida lei estabeleceu a criação de cargos de forma irregular. A Ação Civil Pública, ajuizada pelo Ministério Público, também pedia o afastamento da prefeita Cláudia Dias (PSB) por Ato de Improbidade Administrativa, mas, a juíza julgou o pedido como uma medida desproporcional, tendo em vista que a prefeita ainda não apresentou a sua defesa.

O concurso da prefeitura de Monte Horebe, teve seu edital lançado no dia 16 de Agosto de 2016, ofertando 40 vagas para todos os níveis de escolaridade, incluindo fundamental incompleto. Os salários variam de R$ 880 a R$ 5 mil, mais incentivos e as provas estavam previstas para o dia 09 de outubro de 2016.

Veja a Nota

Nota-foto-2

DIÁRIO DO SERTÃO

COVID-19

VÍDEO: Com dois pacientes graves, Hospital Regional de Patos receberá mais de 25 novos profissionais

TRANSPOSIÇÃO

VÍDEO: Prefeito de São José de Piranhas inaugura distribuição de água pela barragem de Boa Vista

NA PARAÍBA

VÍDEO: Secretaria de Saúde esclarece retirada de equipamentos de hospital, que foi repudiada por padre

AGUARDANDO EXAME

VÍDEO: Idosa de 70 anos morre em Sousa com suspeita de Covid-19, e secretário pede tranquilidade

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!