header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Dia Mundial do Orgasmo: veja as razões para atingir o clímax que cura dores e é bom pra saúde

Para além de dar prazer, de acordo com os especialistas, atingir o clímax faz bem à saúde física e mental

Por Notícias ao Minuto

01/08/2018 às 08h51

O orgasmo traz inúmeros benefícios a saúde

Na terça-feira (31) foi comemorado o Dia do Orgasmo. A data foi criada em 1999 por diversas redes de sex shops britânicas para aquecer as vendas dos produtos eróticos e incentivar debates sobre o prazer sexual feminino.

Para não deixar a data passar em branco, o site The Independent entrevistou a médica e sexóloga Becky Spelman, que revelou os vários benefícios de atingir o clímax – para homens e mulheres. Confira:

A saber:

Deixa mais feliz

Sexo com prazer aumenta os níveis de serotonina presentes no organismo. Tal fato está associado à melhoria do humor e à sensação de bem estar geral.

Reduz o estresse

Atingir o orgasmo faz com que se sinta mais atraente e aumenta a auto confiança, aponta Spelman. Reforça ainda a relação, segurança e intimidade com o parceiro, reduzindo os níveis de ansiedade.

Melhora os relacionamentos

Os casais com uma vida sexual mais ativa tendem a ser mais felizes e a manter aquele relacionamento a longo prazo.

Promove o bom funcionamento do sistema imunológico

Juntamente com a manutenção de um estilo de vida saudável, o orgasmo propicia o bem estar e bom funcionamento do organismo, diminuindo assim por exemplo as hipóteses de ter gripe ou alergias.

Reduz a pressão arterial

Vários estudos indicam que os indivíduos com uma vida sexual mais ativa e prazerosa têm por sua vez uma pressão arterial mais saudável, menor risco de ataque cardíaco e de enfarte, alerta a especialista.

Pode diminuir o risco de aparecimento de câncer da próstata ou testículo

Spelman afirma que a ejaculação regular está associada a uma menor incidência destes tipos de câncer.

Reduz a dor para homens e mulheres

Ao diminuir os níveis de estresse, a sensação de dores crônicas também diminui, tornando-as menos invasivas, ou seja, os orgasmos aumentam a tolerância à dor. Spelman afirma ainda que a estimulação sexual reduz a dor associada a cólicas e enxaquecas.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/lifestyle/629522/dia-mundial-do-orgasmo-7-razoes-para-atingir-o-climax

CLUBE VIVE IMPASSE

VÍDEO – Representante do Atlético em reunião da FPF apresenta fórmula para participar do Paraibano 2019

VÍTIMA DA DIABETES

VÍDEO: Ameaçada de perder o segundo pé, idosa de Cajazeiras pede ajuda para adquirir sandália especial

ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores