header top bar

section content

Musa Fitness Bia Citro afirma: “Peito, bunda, são apenas para atrair as pessoas para minha mensagem”.

Bia Citro critica a superficialidade e o machismo, e fala sobre empoderamento feminino e vida saudável.

Por MF Press Global

18/08/2018 às 17h09 • atualizado em 17/08/2018 às 17h14

Musa Fitness Bia Citro (Foto: reprodução)

Bia Citro tem mais de 120 mil seguidores nas redes sociais, e desde 2016 tem postado fotos que mostram sua historia de superação e motivação, de gordinha para fisiculturista na categoria wellness.

Bia é admirada por sua forma física, sua beleza e suas curvas estonteantes, conquistadas com dieta, musculação e muita forca de vontade, mas segundo ela o objetivo vai muito além de atrair olhares: “meu trabalho é incentivar as mulheres a terem auto estima, auto confiança, alimentação saudável, e a musculação como estilo de vida. Peito, bunda, maquiagem ou roupas de marca no final das contas, são uma estratégia que serve pra atrair pessoas para que eu possa passar a minha mensagem.” afirma Bia

Bia defende o empoderamento feminino, e diz que as mulheres podem ser muito mais do que belas, mas serem o que quiserem ser: “antes o homem era o provedor e a mulher cuidava do trabalho de casa. Hoje a mulher trabalha dentro e fora de casa, cuida dos filhos, do marido, etc. Alem de tudo isso, a mulher teria de aturar traição, humilhação, tudo pela cultura machista? Não. A mulher lutou por sua liberdade bravamente para ser livre, não pra se tornar escrava do homem, nem escrava de nenhum padrão ou ditadura da beleza. Nós mulheres podemos ser o que quisermos, e sentir-se bem com o próprio corpo faz parte disso”.

Musa Fitness Bia Citro (Foto: reprodução)

A musa fitness defende que através do seu trabalho ela tem conscientizado homens e mulheres em todo o Brasil contra o machismo e a favor de igualdade, e do direito da mulher ser amada e plena: “as pessoas tem apreciado o meu trabalho com bons olhos e de forma artística, como atleta, musa, modelo e mulher, ou o que eu decidir ser daqui pra frente, longe de padrões. Vejo meu corpo de forma artística, como uma escultura viva moldada. Hoje construo um corpo que não se enquadra em nenhuma categoria de fisiculturismo, um corpo forte, volumoso e feminino, que expressa a mensagem que quero passar de empoderamento, auto estima e auto-aceitação.”

Sobre o assédio devido ao seu trabalho, Bia é enfática: “Sou abençoada, pois, entre mais de 120 mil seguidores o respeito sempre reinou. Nunca tive problemas em fazer fotos de biquini ou ser desrespeitada durante um campeonato ou na internet. As pessoas que me seguem são do bem”.

Por fim, Bia deixa uma dica para quem quer conquistar o corpo dos sonhos e seguir como ela uma vida mais saudável: “Para as mulheres poderosas, que querem conquistar o corpo dos seus sonhos, vai uma dica: Se eu cheguei até aqui, você também consegue! Pare de procrastinar e acorde cedo, faça exercícios aeróbios, treine com pesos, se alimente de maneira saudável conforme seus objetivos e se desfaça de vícios”. Conclui

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras