header top bar

section content

Confira 5 hábitos para adotar fora da cama para melhorar o desempenho sexual

Desde beber mais água até evitar usar sapatos de salto alto: mudanças simples do dia a dia podem fazer com que você aproveite ainda mais com seu parceiro entre quatro paredes - e o melhor: tudo comprovado pela ciência!

Por IG

06/01/2019 às 09h38

É possível melhorar o desempenho sexual adotando hábitos simples mesmo fora da cama; confira (Foto: shutterstock)

Que fazer sexo é bom a gente sabe. Quando bem feito, além de proporcionar aquela sensação de prazer, a prática ainda diminui o estresse, ativa o sistema imunológico, previne doenças, melhora o humor, gasta calorias e ainda deixa nossa autoestima lá no alto. Com tantos benefícios assim, qualquer dica que prometa melhorar o desempenho sexual é bem-vinda, não é mesmo?

Mas se você pensou em medicamentos antes da “hora H”, brinquedos eróticos com mil e uma funções ou posições mirabolantes e já desanimou, temos uma boa notícia: há maneiras muito mais simples que podem realmente ajudar a melhorar o desempenho sexual . E sabe o que é melhor? Elas podem ser feitas fora da cama, ao longo do seu dia.

As dicas foram reunidas pela autora de livros sobre relacionamentos e especialista no assunto Tracey Cox, que afirmou ao portal britânico Daily Mail serem todas apoiadas pela ciência. “Elas garantem a revitalização da sua vida sexual – e nenhuma delas envolve realmente fazer sexo”, ressalta Tracey. Confira:

5 passos para melhorar o desempenho sexual

Usar salto pode influenciar no seu orgasmo; para melhorar o desempenho sexual, invista em sapatos mais baixos

Esqueça os sapatos de salto alto
Seja por questões corporativas, por achar bonito ou sexy, o salto alto é peça indispensável no look diário de muitas mulheres. Porém apesar de lindos, aqueles Louboutin podem estar atrapalhando sua vida sexual.

Uma pesquisa feita pelo médico ginecologista norte-americano de Nova York Eden Fromberg mostrou que usar saltos durante todo o dia pode afetar o orgasmo de uma mulher.

Como? O estudo apontou que quando as mulheres chegam ao orgasmo , a pélvis se arqueia de uma certa maneira. Mas quando você está acostumada a usar sapatos de salto alto, eles fazem com que a pélvis se arqueie de forma diferente, criando uma contração no assoalho pélvico.

Se você está sempre de salto, sua pélvis já está “presa” em uma posição arqueada, o que significa que você arqueia menos durante o orgasmo, diminuindo a intensidade dele.
“Um orgasmo geralmente é como ir de zero a 100. Se você já está há muito tempo usando salto, não vai ter uma experiência completa”, explicou Fromberg naépoca do estudo. Talvez seja o momento de repensar o guarda-roupa.

Ter um corpo bem hidratado é a chave para melhorar o desempenho sexual: ajuda na lubrificação e até no orgasmo

Beba mais água
Nossas células precisam de água para funcionar. Quanto mais água você beber, mais capazes de transportar oxigênio por todo o nosso corpo e cérebro nossas células serão.

Isso ajuda no metabolismo, garantindo energia suficiente para o sexo e aumentando o fluxo sanguíneo que é necessário para que sintamos excitação e orgasmo – que nada mais é do que a liberação da pressão de todo o sangue que é bombeado para os genitais, de volta para a corrente sanguínea.

Além disso, um corpo hidratado também significa um corpo lubrificado. Esse ponto é bastante importante para as mulheres, já que assegura que nossa vagina esteja úmida e pronta para o sexo, em vez de seca, o que torna a prática desconfortável.

As maravilhas de se estar bem hidratada não favorecem apenas as mulheres. A desidratação também está implicada na disfunção erétil. Isso acontece porque os níveis de hidratação podem reduzir o volume sanguíneo, portanto, beber mais água pode ajudar a manter ereções mais “fortes”.

Outra razão bastante convincente para beber mais de um litro de água por dia é que assim você cheira melhor. Quanto maior o teor de água em seu corpo, menos fedorento seu suor é, sabia? Pois então trate de pegar mais um copo d’água assim que terminar de ler essa reportagem e mantenha-se hidratada.

Como melhorar o desempenho sexual se você não tem uma boa noite de sono há dias? Já para a cama – e é para dormir!

Esteja com o sono em dia
Há uma conexão definida entre sexo e sono – e parece ser mais prevalente em mulheres, provavelmente por causa dos efeitos da gravidez, da maternidade e da menopausa. Todos os três fenômenos causam distúrbios do sono que, por sua vez, reduzem o interesse feminino pelo sexo: estamos exaustas e estressadas ​​demais para nos excitarmos.

Estar muito cansada para fazer sexo faz com que a desculpa de “não tenho tempo” seja a principal razão pela qual as pessoas não fazem sexo tanto quanto gostariam. Duvida? Um estudo norte-americano de 2015 descobriu que quanto mais tempo as pessoas dormem, mais interessadas em sexo elas ficaram no dia seguinte.

A privação do sono também causa ansiedade, depressão e inibe a produção de hormônios sexuais como o estrogênio e a testosterona – enquanto o cortisol, o hormônio do estresse, acelera. Assim, nosso desejo sexual despenca e as ereções nunca ficam firmes o suficiente.

É um ciclo vicioso: quanto mais tempo de sono você tiver, maior a probabilidade de você querer transar. Quanto mais você transar – o que inclui mais orgasmos -, maior a probabilidade de você dormir bem.

Caso contrário, como se não bastasse o sofrimento de ficar sem dormir, você também terá que lidar com a falta de sexo. Não queremos isso, não é mesmo? Então, da próxima vez que você achar uma boa ideia ficar acordada até tarde, saiba que sua vida sexual também vai pagar.

Ser cuidadosa e responsável pode te ajudar a melhorar o desempenho sexual, de acordo com alguns estudos

Seja cuidadoso
Pode não parecer muito sexy ser organizado e prestar atenção aos detalhes, mas ser cuidadoso é um dos cinco traços de personalidade que prediz quão boa é a sua vida sexual. Vários estudos descobriram que as pessoas que são diligentes e meticulosas – longe de serem chatas – são ótimas parceiras sexuais e são menos propensas a terem problemas na vida íntima a dois.

Pessoas assim relatam experiências mais positivas quando atuam em suas fantasias sexuais, conforme o levantamento feito pelo pesquisador Justin Lehmiller, que entrevistou mais de 4 mil americanos sobre suas fantasias para o seu livro “Tell Me What You Want”.

Por que a associação? Apesar de muita gente achar que sexo bom é sexo espontâneo, as pessoas que planejam o momento íntimo acabam praticando com mais frequência por uma razão muito óbvia: elas garantem que isso aconteça. Quem tem um perfil mais responsável também está mais propenso a planejar o que acontece durante o ato, novamente contribuindo para uma experiência mais satisfatória.

Ainda não está convencida? Um grande estudo publicado no Journal of Sex Research mostrou que homens que são “detalhistas” relataram menos problemas com ereções, enquanto mulheres cuidadosas relataram menos dor durante o sexo e menos problemas com desejo, excitação e orgasmo do que mulheres que não pontuaram muito sobre esta característica.

Para melhorar o desempenho sexual, nada melhor do que estar satisfeita e sem fome!

Alimente-se bem
Há uma razão pela qual a maioria dos encontros entre casais acaba acontecendo em restaurantes: acontece que ter o estômago cheio nos deixa mais abertas a avanços românticos.

Um estudo descobriu que as mulheres que se sentiam felizes e satisfeitas depois de comer uma refeição demonstraram maior ativação cerebral em áreas ligadas à recompensa e reforço do que as mulheres que não tinham comido. Resumindo: se estamos com fome, é difícil nos concentrar em qualquer coisa além de comida, por isso, esteja satisfeita e isso vai te ajudar a melhorar o desempenho sexual .

Fonte: IG - https://delas.ig.com.br/amoresexo/2019-01-05/melhorar-o-desempenho-sexual-fora-da-cama.html

PROBLEMA GRAVE

VÍDEO: No Xeque-Mate, voluntários debatem sobre maus tratos e abandono de animais em Cajazeiras

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde