header top bar

section content

Vinagre de maçã: benefícios que talvez você não conhecia e que podem curar doenças

Para aliviar a dor de garganta e acalmar a tosse podemos fazer gargarejos ou enxágues com vinagre de maçã e água morna.

Por Melhor com Saúde

15/04/2019 às 08h04 • atualizado em 15/04/2019 às 09h11

Você vai conhecer os benefícios do vinagre de maçã, que tem ganhado bastante popularidade nos últimos tempos.

Talvez você pense que o vinagre de maçã seja usado apenas para dar mais sabor em saladas e certas comidas. No entanto, o vinagre tem muitos outros usos que você nem imagina. Suas propriedades chamam a atenção. É um remédio natural acessível que, sem dúvidas, está presente na maioria dos lares (ou a partir de agora, com certeza você vai querer comprá-lo!).

Nos anos 50, o doutor Jarvis publicou um livro sobre os benefícios deste vinagre, usado até então somente como tempero para saladas. A partir deste momento, cada vez mais pesquisas o colocam como um elemento imprescindível para várias aplicações.

Neste artigo, você vai conhecer os benefícios do vinagre de maçã, que tem ganhado bastante popularidade nos últimos tempos.

Benefícios do vinagre de maçã

1. Ajuda a emagrecer
Devido ao ácido acético, o vinagre auxilia na perda de peso, favorecendo a eliminação de gordura abdominal e a redução da circunferência da cintura.

Ainda não há conclusões científicas a respeito disso, por mais que existam vários estudos sobre o assunto. No entanto, de fato é muito bom como complemento para as dietas para emagrecer.

Para aproveitar esta propriedade, é preciso consumir um copo de água com duas colheres de sopa de vinagre por dia. Se quiser resultados mais eficientes, tome a mistura antes do café da manhã.

2. Ajuda a controlar a diabetes
Isso porque permite reduzir e regular os níveis de glicose no sangue. Muitos são os estudos que demonstram esta característica.

A dose diária é de duas colheres dissolvidas em um copo de água, que deve ser bebida antes de dormir. Os níveis de açúcar podem baixar até 6%. No entanto, é aconselhável consultar um médico, pois o vinagre de maçã contém cromo, um componente que pode desequilibrar os níveis de insulina.

3. Combate os fungos
Se você sofre com um fungo chamado Candida Albicans, tente usar o vinagre de maçã para eliminá-lo da pele e evitar as infecções. O lugar mais frequente onde esse fungo se forma é nas dobras da pele, por exemplo, entre os dedos dos pés.

O ácido acético do vinagre ajuda a eliminar o fungo e auxilia nos tratamentos. Para isso, siga os seguintes passos:

Em primeiro lugar, encha uma bacia com água morna
Em seguida, adicione duas ou três xícaras de vinagre.
Depois, mergulhe os pés ou a zona afetada.
Deixe por 15 minutos.
Outra alternativa é mesclar um colher de água e uma de vinagre e aplicar com um algodão limpo no lugar onde se tem o fungo. Tenha muito cuidado com esse remédio caseiro, porque às vezes o vinagre pode irritar a pele, se ela for muito sensível.

4. Acalma cãibras
Se você costuma ter cãibras durante a noite, é provável que tenha deficiência de potássio. Como o vinagre de maçã o possui em boa quantidade, não hesite em usá-lo e aproveitar suas propriedades.

Misture duas colheres de vinagre e uma de mel em um copo com água morna e beba antes de dormir.

5. Reduz as varizes
É preciso saber que este remédio caseiro para as varizes não possui uma base científica, mas muitas pessoas o usam para aliviar as dores e para reduzir a aparência das veias inflamadas na pernas. Para isso, siga este procedimento:

Em primeiro lugar, dilua um pouco de vinagre em água.
Em seguida, umedeça um pedaço de gaze com a mistura.
Aplique a gaze na região afetada.
Amarre com uma fita não muito apertada.
Deixe agir por 30 minutos.
Outra opção é consumir mais vinagre de maçã em sua forma natural, por exemplo em saladas, ou misturar com água e beber de manhã e à noite. Os resultados começam a aparecer a partir do primeiro mês.

6. Reduz o colesterol e a hipertensão
Não está totalmente comprovado, mas vale a pena tentar se você tiver problemas com a quantidade de triglicérides ou com a pressão arterial, pelo menos como um complemento para seu tratamento “formal”.

Os estudos a respeito indicam que pessoas que consomem em suas saladas algum tempero à base de vinagre de maçã cinco vezes por semana, apresentam menor probabilidade de sofrer de doenças cardiovasculares. Isto se deve, segundo se acredita, ao potássio, que possui a capacidade de diluir o sangue, controlando a pressão arterial.

Por outro lado, a pectina tem a propriedade de absorver as gorduras que se depositam nas veias.

7. Alivia a dor de garganta e a tosse
O vinagre de maçã é um poderoso antisséptico, o que permite eliminar os vírus que provocam a dor de garganta ou a amidalite.

Por isso, se você estiver com a garganta inflamada, faça gargarejos com uma mistura de uma colher de vinagre de maçã e uma xícara de água morna. Não beba esta água. Se não puder fazer gargarejos porque sua garganta dói muito, tente pelo menos manter a água se movendo de um lado para outro da boca.

Outra opção é misturar uma colher de mel com uma de vinagre e comer como se fosse um doce.

8. Reduz a acne
O vinagre de maçã é perfeito para atenuar as espinhas e os cravos da pele. Além disso, oferece propriedades antibacterianas e antissépticas e ajuda a restaurar o manto ácido da derme em caso de peles muito secas ou muito oleosas.

Faça uma loção misturando partes iguais de vinagre de maçã com água destilada e aplique na pele limpa e seca, preferentemente antes de dormir. Outra alternativa é realizar uma máscara com argila e vinagre, que elimina as toxinas.

Fonte: Melhor com Saúde - https://melhorcomsaude.com.br/usos-inusitados-vinagre-d

Recomendado para você pelo google

ESPECIAL DE PÁSCOA

VÍDEO: TVDS exibe programa ‘Mensagem de Fé com Frei João Batista’ em especial de Semana Santa

FÉ E DEVOÇÃO

Sexta-feira Santa em Cajazeiras é marcada por várias celebrações religiosas e grande número de fiéis

SAÚDE

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre a obesidade e médica endocrinologista tira dúvidas sobre a doença; Veja!

SEMANA SANTA PARA OS EVANGÉLICOS

VÍDEO: Pastor fala sobre significado da Páscoa para os protestantes: “É o sacrifício e a libertação”