header top bar

section content

Aldeone cita “humilhação” da última partida como motivador para o Sousa

Presidente do Dinossauro quer que seu time use a goleada sofrida por 5 a 0, para o Botafogo-PB, como lição para a semifinal do Paraibano, contra o mesmo adversário

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

27/04/2016 às 13h12

O presidente Aldeone Abrantes está animado com a recuperação do Sousa na Série D (Foto: DS)

Depois de encarar o Botafogo-PB no primeiro mata-mata do Campeonato Paraibano, o Sousa vai ter pela frente, na semifinal, novamente o Belo. E a lembrança do último confronto entre os dois times não é nada animadora para o Dinossauro. O time sertanejo perdeu por 5 a 0 no último domingo, no Almeidão. A lembrança não é animadora, mas o presidente alviverde, Aldeone Abrantes, faz questão de que seus jogadores tenham em mente a “humilhação” sofrida e a usem como fator motivador para, dessa vez, fazer melhor.

Afeito aos jargões descontraídos para explicar as suas teses no futebol, Aldeone não deixou por menos dessa vez e disse que “arroz de leite se come quente”, para se referir ao fato de que é melhor que o episódio da goleada do Belo ainda esteja bem vivo na lembrança do elenco do Sousa. E o dirigente garante: a história agora vai ser diferente já a partir deste domingo, no Marizão, quando os dois times começam a disputar uma vaga na final do estadual.

– É decisão, é um outro clima, uma outra situação. E eu aprendi uma coisa no futebol: arroz de leite se come quente. Se demorasse a termos esse novo jogo com o Botafogo, poderíamos esquecer da vergonha que passamos aqui (em João Pessoa) no último domingo. Então, é bom que seja domingo agora porque ainda está na cabeça dos atletas toda aquela humilhação. Como é o Dia do Trabalhador e o Sousa é um time operário, eu espero que faça um grande jogo no dia 1º contra o Botafogo – comentou Aldeone Abrantes.

As datas para os dois jogos desta semifinal – 1º e 8 de maio – foram definidas em reunião realizada nessa terça-feira, na sede da Federação Paraibana de Futebol (FPF). A opção por fazer o primeiro jogo neste domingo – no mesmo dia da final da Copa do Nordeste, entre Campinense e Santa Cruz – chegou a ser contestada, mas Aldeone avisa que tomou a decisão pensando apenas no Sousa. E, novamente, usou do bom humor para justificar a escolha.

– Eu não sei nem o horário desse jogo do Campinense. Mas o problema é o seguinte: o Sousa joga a partida da vida dele, então não tem esse negócio de jogar sábado, de me preocupar se a seleção brasileira vai jogar, se é a Alemanha ou o Campinense ou qualquer outro time. Eu tenho que buscar foco para domingo. Se eu for pensar que vai ter jogo na televisão, que vai ter jogo não sei onde, eu já vou começar desfocado. Então o jogo é domingo, às 16h30, será um jogaço, e todo mundo espera um Sousa diferente para essa partida – argumentou.

Até aqui, neste Paraibano, Sousa e Botafogo-PB já se enfrentaram quatro vezes. Na primeira fase, duas vitórias do Belo: 2 a 1 no Marizão e 2 a 0 no Almeidão. Depois, no mata-mata, uma vitória para cada lado: 3 a 1 para o Dinossauro em Sousa e 5 a 0 para o Belo em João Pessoa.

Esta semifinal entre os dois times começa às 16h30 deste domingo, no Marizão, e termina no domingo seguinte.

A TV Diário do Sertão irá transmitir ao vivo.

DIÁRIO DO SERTÃO com GE

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa