header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Hamilton reconhece erro na estratégia, enquanto Vettel diz que poderia ter vencido nos EUA

Terceiro lugar de Hamilton e quarto de Vettel em Austin manteve o campeonato de pilotos aberto. Decisão foi adiada para o GP do México, na próxima semana

Por GE

22/10/2018 às 07h28

Confusão na primeira volta marcou o GP dos EUA (Foto: Getty Images)

A briga foi boa em Austin, neste domingo. Lewis Hamilton e Sebastian Vettel não se encontraram na pista, mas protagonizaram mais um belo capítulo da rivalidade que construíram ao longo dos últimos anos. Saindo da pole position, o inglês da Mercedes viu Kimi Raikkonen superá-lo logo na largada da corrida. Em uma estratégia de duas paradas, o britânico assistiu a Ferrari #7 parar só uma vez e ainda foi superado também por Max Verstappen.

– Uma vez que fizemos a parada na volta 11, eu sabia que faria mais um pit stop depois. (Nós) apenas fizemos isso difícil para nós mesmos. Tive que perseguir Kimi, atacá-lo e os pneus estavam acabados. Então, ele fez o pit stop e estava encostando em mim com pneus novos. Fiz a última parada e voltei com 12s de atraso. Isso só tornou difícil para nós competirmos hoje – comentou Hamilton.

Com o terceiro lugar na prova, Hamilton terá que esperar até o próximo final de semana, no México, para tentar confirmar o pentacampeonato na Fórmula 1. O inglês entende que o resultado em Austin não foi ruim, mas não esconde a frustração por largar na pole e não vencer a corrida.

– Foi definitivamente uma lição aprendida, penso eu, para nós. Em termos de desempenho, não foi nosso melhor final de semana, mas tivemos alguns finais de semana incríveis neste ano. Ainda conseguimos um terceiro, e sou grato por isso, mas, naturalmente, começar em primeiro e terminar em terceiro nunca é uma coisa boa – finalizou.

Vettel, por outro lado, rodou ainda na primeira volta após toque com Daniel Ricciardo, caindo para a 15ª colocação. Mesmo recuperando terreno até receber a quadriculada em quarto, o alemão entende que, caso não tivesse errado, poderia ter vencido o GP dos EUA.

– Se tivéssemos ficado em quarto ou quinto depois da primeira volta, estaríamos muito mais próximos. E então eu não sei se todo mundo está fazendo as mesmas coisas, mas com certeza nós tínhamos a velocidade para vencer – disse o alemão.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/hamilton-reconhece-erro-na-estrategia-enquanto-vettel-diz-que-poderia-ter-vencido-nos-eua.ghtml

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça