header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Com arrancada “de Copa”, Mbappé brilha na vitória por 2 a 0 para o PSG

Punido com a reserva por atraso na preleção, o camisa 7 entra no segundo tempo, faz um gol em sua primeira jogada e participa do segundo, marcado por Draxler

Por GE

29/10/2018 às 07h10 • atualizado em 29/10/2018 às 07h37

Kylian Mbappé foi o nome da vitória do PSG sobre o Olympique de Marselha por 2 a 0 (Foto: Jean-Paul Pelissier/Reuters)

Onze rodadas, 11 vitórias. Se havia alguma esperança de emoção no Campeonato Francês, não poderia vir de outro lugar senão do clássico com o Olympique de Marselha, no Vélodrome. Pois nem isso. Mesmo desfalcado de Thiago Silva e Cavani, e com Mbappé entrando apenas no segundo tempo, o PSG não deu chance ao rival e venceu por 2 a 0, mantendo os 100% de aproveitamento no Campeonato Francês. O camisa 7 foi o destaque, abrindo o placar com uma arrancada que lembrou seus melhores momentos com a camisa da França na Copa do Mundo da Rússia e participando do segundo gol, de Draxler. A supremacia do PSG na França já ameaça até a rivalidade com o Olympique, que chega a 17 jogos seguidos sem vencer o time de Paris, contando todas as competições (14 vitórias e três empates).

Sem Thiago Silva e Cavani, o PSG ficou, também, sem Mbappé de última hora, por decisão do disciplinador técnico Thomas Tuchel. O atacante francês se atrasou para a preleção e, segundo a imprensa francesa, ficou no banco como castigo. Mas bastou pisar no gramado do Vélodrome para o garoto de 19 anos transformar um jogo até então morno. Além do gol, Mbappé teve outra chance pela direita, deu um bom passe não aproveitado por Neymar, que dessa vez teve atuação discreta, e iniciou o contra-ataque do segundo gol. Artilheiro isolado do Francês, com dez gols, Mbappé é também o jogador com mais gols marcados entre os cinco principais campeonatos nacionais da Europa (Inglês, Italiano, Espanhol, Alemão e Francês).

Não é por acaso que Olympique de Marselha e Paris Saint-Germain protagonizam a maior rivalidade do futebol francês no momento. Por medida de segurança, a torcida parisiense não teve permissão para ir ao Vélodrome, que tinha apenas torcedores locais. Em dois momentos da partida, Neymar teve problemas para cobrar o escanteio, devido ao comportamento da torcida do Olympique, e até o sistema de som do estádio foi acionado para pedir calma à torcida. Só faltaram os policiais com escudos protegendo o cobrador.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/jogo/28-10-2018/olympiquemarseille-parissaintgermain.ghtml

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Diversidade em Foco com professor de Português destaca as variações da nossa língua

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local