header top bar

string(16) "diario-esportivo"

section content

Grêmio junta cacos e confia em G-4 no Brasileiro para terminar 2018 com “dignidade”

Grêmio junta cacos e confia em G-4 no Brasileiro para terminar 2018 com "dignidade"

Por GE

03/11/2018 às 09h24 • atualizado em 03/11/2018 às 09h25

Renato comanda treino do Grêmio (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

Fora da final da Libertadores a menos que reverta a situação nos tribunais, o Grêmio junta os cacos para retomar o foco no Campeonato Brasileiro. Depois do baque da eliminação para o River Plate, o elenco gremista teve tempo para lamber as feridas e se remobilizar em busca da vaga direta na competição sul-americana do próximo ano. O primeiro passo será neste sábado, contra o Atlético-MG, às 17h, no Independência.

Participar da competição sul-americana pelo quarto ano consecutivo é a meta para encerrar 2018 com “dignidade” depois dos dois títulos conquistados no primeiro semestre (Recopa e Gauchão). O Tricolor está na quinta colocação, quatro pontos atrás do São Paulo, com um duelo direto com os paulistas por vir.

– Se falar que ninguém ficou triste, vou estar mentindo. Mas não podemos nos abater. Futebol dá oportunidade de se recuperar no próximo jogo, na próxima semana. É o que temos que encarar. O Grêmio vem brigando por título ano a ano, por grandes competições e temos que estar assim ano que vem – afirmou o goleiro Paulo Victor.

A partida contra os mineiros terá o retorno dos titulares ao Brasileirão. Ao menos os que estão à disposição, já que o time foi assolado por uma série de desfalques. Luan segue sua recuperação de lesão muscular e só deve voltar a treinar na próxima semana. Marcelo Grohe sofreu duas fraturas na costela contra o River Plate e não atua mais em 2018.

O treinador não poderá contar com o zagueiro Kannemann e o volante Maicon. O capitão não foi diagnosticado com lesão, mas ainda se ressente de dores musculares. Já o argentino sentiu um desconforto muscular na coxa esquerda no treino de quinta-feira. Independente dos desfalques, Renato teve uma conversa com todo o grupo para deixar a eliminação para trás.

– O Grêmio nunca deixou o Brasileiro de lado. Temos que colocar o grupo para cima. E temos que esperar 24, 48 horas. Porque não é fácil. Só o tempo para curar. No mínimo agora é correr atrás por uma vaga entre os quatro – apontou o técnico após a derrota par os argentinos.

O confronto contra o Atlético-MG ocorre às 17h deste sábado, no Independência. O Grêmio é o quinto na tabela, com 52 pontos e está uma posição à frente do time mineiro, sexto com 46. Nas seis rodadas restantes da competição, enfrenta ainda Vasco (casa), São Paulo (fora), Chapecoense (casa), Flamengo (fora), Vitória (fora) e Corinthians (casa).

Fonte: https://globoesporte.globo.com/rs/futebol/times/gremio/noticia/gremio-junta-cacos-e-confia-em-g-4-no-brasileiro-para-terminar-2018-com-dignidade.ghtml

HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir