header top bar

section content

Palmeiras tem 92% de chances de ser campeão brasileiro, diz matemático

Projeção feita por Tristão Garcia mostra Verdão cada vez mais perto do título nacional

Por GE

12/11/2018 às 08h30 • atualizado em 12/11/2018 às 08h31

Deyverson e Bruno Henrique comemora gol do volante do Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

O Palmeiras tem agora 92% de chances de ser campeão brasileiro, de acordo com projeção feita pelo matemático Tristão Garcia, do site Infobola. Na semana passada, eram 88%.

Inter (5%), Flamengo (2%) e Grêmio (1%) são os outros times com chances, ainda que remotas. O São Paulo já nem aparece mais entre os candidatos ao título, na projeção de Tristão Garcia.

A leitura é de que a 33ª rodada acabou sendo ótima para o Palmeiras. Isso porque o time empatou em 1 a 1, fora de casa, com Atlético-MG, time melhor colocado dentre os seis últimos compromissos do Palmeiras no Brasileirão (sexto). Todos os outros estão do décimo lugar para baixo.

O empate do Inter com o Ceará (1 a 1) e a derrota do Flamengo para o Botafogo (2 a 1) facilitaram ainda mais as coisas para o Palmeiras, que manteve cinco pontos de vantagem para o Colorado e abriu sete para o Rubro-Negro.

Há apenas mais 15 pontos em disputa para cada concorrente ao título. Nunca, num Brasileirão com 20 times e por pontos corridos, o segundo colocado fez mais do que 72 pontos. Isso quer dizer que a chance de o Palmeiras ser campeão com mais duas vitórias é muito grande.

Fonte: GE - https://globoesporte.globo.com/futebol/times/palmeiras/noticia/palmeiras-tem-92-de-chances-de-ser-campeao-brasileiro-diz-matematico.ghtml

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco