header top bar

section content

De olho no G-6: para seguir meta de Cuca, Santos tem de ser quase perfeito nas cinco rodadas finais

Técnico estipulou somar mais 11 pontos; tropeço contra a Chapecoense atrapalhou os planos

Por GE

14/11/2018 às 08h35 • atualizado em 14/11/2018 às 08h36

Cuca durante treino do Santos (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

O Santos viveu uma rodada para esquecer no Campeonato Brasileiro. Além de perder para a Chapecoense em casa, desperdiçou a oportunidade de entrar no G-6 pela primeira vez na temporada e foi ultrapassado na tabela pelo Atlético-PR, caindo para a oitava colocação.

A derrota para a Chapecoense não estava nos planos do Santos, que tem como principal objetivo para 2018 uma vaga na próxima Libertadores. O Peixe soma os mesmos 46 pontos do Atlético-PR, mas com uma vitória a menos (13 contra 12). O Atlético-MG, sexto colocado, tem 47.

Antes do revés da última segunda-feira, o técnico Cuca havia estipulado uma meta para o Santos chegar ao G-6: conquistar 11 dos 18 pontos disputados. Três deles já ficaram pelo caminho. Agora, para seguir as contas, o Peixe precisa ser quase perfeito nos cinco últimos jogos da temporada, quando encara Flamengo (fora), América-MG (fora), Botafogo (casa), Atlético-MG (casa) e Sport (fora).

Num primeiro cenário, o Peixe não poderia mais perder. Teria de ganhar três e empatar dois para somar os 11 pontos pretendidos por Cuca;
Se por ventura o Santos for derrotado em alguma das partidas, teria de ter 100% nos outros quatro jogos para até superar a meta do treinador e fazer 12 dos 15 pontos disputados.

Pela frente, o Santos tem um adversário complicado, que ainda tem chances remotas de conquistar o título: na quinta-feira, às 17h (de Brasília), encara o Flamengo, no Maracanã, pela 34ª rodada do Brasileirão.

Assim como contra a Chape, Cuca tem vários desfalques para o duelo: Carlos Sánchez, Bryan Ruiz e Derlis González se juntam às respectivas seleções e são desfalques em até três partidas. Além disso, segundo o técnico , Luiz Felipe e Lucas Veríssimo seguem fora.

Em contrapartida, o Peixe conta com os retornos de Victor Ferraz, Diego Pituca e Gabigol, que cumpriram suspensão na segunda-feira.

O elenco santista encerra a preparação nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé, e depois viaja ao Rio de Janeiro para o jogo contra o Flamengo.

Fonte: GE - https://globoesporte.globo.com/sp/santos-e-regiao/futebol/times/santos/noticia/de-olho-no-g-6-para-seguir-meta-de-cuca-santos-tem-de-ser-quase-perfeito-nas-cinco-rodadas-finais.ghtml

VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019

PRATICIDADE NA FISCALIZAÇÃO

VÍDEO: TCE-PB inaugura espaço digital público para ideias tecnológicas de controle dos atos públicos

GRUPOS SE ENFRENTAM NA 1ª FASE

VÍDEO: Dirigentes do Sertão comentam sorteio do Paraibano 2019. Atlético enfrentará o ‘grupo da morte’

ASSISTA!

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos