header top bar

section content

Jogadores do Boca Juniors temem doping após tomarem remédios proibidos pela Wada, diz jornal

De acordo com "La Nación", atletas foram atendidos por médicos da Conmebol e receberam doses de corticoides, substâncias que não são permitidas pela Agência Mundial Antidoping

Por GE

25/11/2018 às 12h18

Pablo pérez, com curativo no olho, chega no monumental (Foto: Juan MABROMATA / AFP)

Além da questão psicológica e a preocupação com a segurança, o Boca Juniors parece ter outros motivos para querer que a segunda partida contra o River Plate, pela final da Libertadores, não aconteça neste domingo. De acordo com o jornal “La Nación”, jogadores do clube xeneize que foram medicados após os ataques ao ônibus temem ser pegos em um possível exame antidopoping.

Segundo o jornal, alguns dos atletas mais afetados pelo gás lacrimogênio, como Gago, Tevez, Almendra, Cardona, Ábila e Benedetto, foram atendidos por médicos da Conmebol e receberam doses de corticoides, substâncias proibidas pela Agência Mundial Antidoping (Wada).

De acordo com a publicação, uma pessoa ligada ao corpo técnico afirmou que nenhum dos médicos registrou o uso do fármaco no formulário para registro dos medicamentos proibidos, o que gerou preocupação entre os xeneizes.

O jornal afirma que dirigentes e jogadores passaram uma madrugada intensa de reuniões, conversas e insônia. A publicação afirmou, ainda, que um grupo de advogados trabalhou de 0h até 6h (horário de Brasília) em um comunicado que o clube pretende apresentar à COnmebol. No texto, são apresentadas irregularidades no estádio do River e, especialmente, fora dele, nas imediações, onde o ônibus do Boca sofreu uma emboscada e foi apedrejado.

Após a confusão do último sábado, o Monumental foi fechado para a partida por conta de superlotação (mais de 66 mil pessoas segundo a organização). No entanto, a medida foi suspensa ainda na madrugada deste domingo. O River Plate deve pagar uma multa pelo ocorrido. Com isso, o estádio poderá receber o jogo neste domingo.

A segunda partida final entre River Plate e Boca Juniors acontece neste domingo, às 18h (de Brasília), no Estádio Monumental de Nuñez.

Fonte: GE - https://globoesporte.globo.com/futebol/libertadores/noticia/jogadores-do-boca-juniors-temem-doping-apos-tomarem-remedios-diz-jornal.ghtml

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco