header top bar

section content

Neymar passa com PSG por teste decisivo na Liga dos Campeões pela primeira vez: “Alívio”

Buffon classifica vitória sobre Liverpool como primeira batalha vencida pelo time francês, e Thiago Silva alerta para dificuldades de jogar por vaga contra Estrela Vermelha na Sérvia

Por GE

29/11/2018 às 08h38

Neymar faz gol na vitória do paris Saint-Germain sobre o Liverpool (Foto: REUTERS/Benoit Tessier)

O atacante Neymar teve desempenho fundamental na vitória do Paris Saint-Germain sobre o Liverpool por 2 a 1, na quarta-feira passada, no Parque dos Príncipes, depois de ser contratado há um ano e meio com a missão de conduzir o time à inédita conquista da Liga dos Campeões. Levou a melhor num duelo considerado decisivo diante de uma grande equipe pela primeira vez nas últimas duas edições do torneio europeu. Até então, o time tinha falhado quando precisava de um resultado positivo.

– Para nós, era tudo ou nada, uma final. Então, a gente encarou assim desde o primeiro minuto.

– Mas é um alívio ter vencido, ter jogado bem, ter demonstrado a força do nosso grupo – afirmou Neymar.

Na temporada passada, o PSG não conseguiu fazer frente ao Real Madrid e foi eliminado com duas derrotas nas oitavas de final: 3 a 1 na Espanha, e 2 a 1 em Paris. Na ocasião, Neymar machucou o pé entre as duas partidas e ficou fora do jogo de volta que decidiu a vaga. Antes disso, na primeira fase da Champions, o time francês também tinha falhado na última rodada em duelo que valia o primeiro lugar do grupo, ao perder para o Bayern de Munique por 3 a 1, na Alemanha.

É verdade que o PSG também venceu o próprio time germânico, em casa, por 3 a 0, mas a partida pela segunda rodada não tinha caráter decisivo. No mesmo grupo, Neymar, Mbappé, Cavani e companhia ganharam facilmente e por goleada de Celtic e Anderlecht, equipes de um nível bem abaixo.

Na atual temporada, até esta quarta-feira, o Paris Saint-Germain só tinha vencido o modesto Estrela Vermelha, por 6 a 1, em casa. Nos confrontos com os outros dois times fortes do grupo, nada de vitória até então. Derrota na estreia para o Liverpool por 3 a 2, na Inglaterra, e dois empates com o Napoli, por 2 a 2 na França e 1 a 1 na Itália.

A vitória desta quarta sobre o atual vice-campeão do torneio, porém, mostrou um PSG mais maduro e com uma postura diferente em campo. Após abrir 2 a 0 no placar com gols de Bernat e Neymar, o adversário descontou no fim do primeiro tempo, com um gol de pênalti de Milner. Mas a equipe soube controlar a partida na segunda etapa.

A atitude dos jogadores em campo foi elogiada pelo experiente goleiro italiano Buffon, que chegou a Paris nesta temporada.

– Mas quando tinha batalhas pela frente, muitas vezes o time não conseguia seguir adiante. No entanto, nesta noite eu vi um time que, quando era o momento de criar jogadas, fazia, e quando era o momento de marcar e de ser unido, nós fizemos. Esse é um bom sinal.

A necessidade de melhorar o espírito de união da equipe para encarar um jogo de alto nível foi bastante comentada entre os atletas antes da partida. Depois das derrotas para o Real Madrid na temporada anterior e para o Liverpool na estreia da edição deste ano, houve críticas, e o sinal de alerta foi ligado para evoluir nesse ponto.

Depois da vitória desta quarta no Parque dos Príncipes, o capitão Thiago Silva destacou justamente o espírito coletivo da equipe. E, apesar da situação no grupo ter melhorado para o PSG, o zagueiro brasileiro lembrou que Liverpool (derrota por 2 a 0) e Napoli (empate por 0 a 0) não conseguiram vencer o Estrela Vermelha lá na Sérvia.

– A forma como jogamos foi fantástica. Mas ainda não conseguimos a classificação. É necessário jogar em Belgrado e não é fácil jogar lá. O Liverpool perdeu lá, e a gente precisa fazer um jogo perfeito para se classificar – disse Thiago Silva.

Com o resultado, o PSG agora está na segunda colocação do grupo C com oito pontos, um a menos do que o líder Napoli. O Liverpool está em terceiro lugar somando seis, e o Estrela Vermelha é o lanterna com quatro, eliminado antecipadamente. Na última rodada, dia 11 de dezembro, o time francês garante a classificação para as oitavas com uma vitória simples em Belgrado, mas tem chances de avançar até com um empate.

Fonte: GE - https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/liga-dos-campeoes/noticia/neymar-passa-com-psg-por-teste-decisivo-na-liga-dos-campeoes-pela-primeira-vez-alivio.ghtml

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco