header top bar

section content

Atlético de Cajazeiras estuda redução salarial dos atletas e aguarda comunicado da CBF sobre a Série D

Ainda sem definição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre o início da competição nacional, em virtude da pandemia do novo coronavírus, o time sertanejo, estuda uma possível negociação salarial com os seus atletas.

Por Redação Diário

16/04/2020 às 17h00 • atualizado em 16/04/2020 às 19h03

Alysson Lira

Com o Campeonato Paraibano paralisado por tempo indeterminado, o Brasileiro da Série D se tornou uma pauta mais próxima e que vem preocupando do Atlético de Cajazeiras.

Ainda sem definição da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre o início da competição nacional, em virtude da pandemia do novo coronavírus, o time sertanejo, estuda uma possível negociação salarial com os seus atletas.

A informação é do diretor de futebol do clube, Alysson Lira. “Estamos vendo que dificilmente tem série D no próximo mês. Estamos dependendo também de um alô da CBF com relação a isso. Pagamos 50% da folha de março e na próxima segunda vamos quitar o mês de março. Daí vamos ter uma conversa com os atletas para tentar um acordo com todos”,explicou.

Apesar da injeção de R$ 150 mil no bolso, aplicada pelo auxílio financeiro concedido pela CBF, a comitiva atleticana estuda, em caso de postergação no início do torneio nacional, dispensar alguns atletas.

Por outro lado, os dirigentes entende que algumas contratações consideradas pontuais precisam acontecer. Um número entre quatro e cinco jogadores estão sendo monitorados pela diretoria e comissão técnica e podem pintar no retorno das atividades do Trovão Azul.

DIÁRIO ESPORTIVO com GEPB

AJUDE VOCÊ TAMBÉM

VÍDEO: Igreja realiza campanha para arrecadar alimentos para famílias carentes em Cajazeiras

MOMENTO DE SOLIDARIEDADE

VÍDEO: Escolinha de crianças sem-teto precisa de ajuda após ser danificada pela chuva em João Pessoa

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Vereadora de oposição diz que espera que gestão de Zé Aldemir seja cada vez melhor

UMARI

VÍDEO: Sandro Rufino diz que seu grupo foi muito caluniado, mas considera a campanha como saudável

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!