header top bar

section content

Pais divulgam foto do bebê agredido no facebook e após repercussão, acusado assume culpa

O caso obteve grande repercussão após divulgação da imagem da criança, repleta de hematomas

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

28/08/2016 às 12h38

A foto do bebê agredido foi divulgada pelos pais (Foto: Reprodução / Facebook/ Joshua Marbury)

Após dois meses de luta no tribunal, o babysitter que agrediu Jacob, um bebê de apenas um ano, se declarou culpado. O caso obteve grande repercussão após divulgação da imagem da criança, repleta de hematomas.

Inicialmente ele foi considerado inocente porque onde vive a família de Jacob, a legislação impede que o suspeito seja punido se a vítima não descrever o crime. Os pais,  foram os responsáveis por divulgar o resultado dos tribunais em sua página no facebook.

O caso

O casal deixou o filho aos cuidados do babysitter durante a noite e quando chegaram a casa, viram Jacob a chorar e o homem a dormir no sofá. No dia seguinte o bebê tinha a cara coberta de hematomas. Os médicos que examinaram Jacob dizem que as agressões no rosto, braço e costas podiam o ter matado.

Notícias ao Minuto

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras