header top bar

section content

Durante entrevista, Raimundo Lira se mostra honrado em representar a Paraíba na presidência da Comissão do Impeachment

Ele disse se sentir honrado em assumir a missão, sobretudo pela oportunidade em poder mostrar uma atuação positiva de um representante da Paraíba, à frente da comissão.

Por Luzia de Sousa

06/06/2016 às 15h22

Senador Raimundo Lira, senador do estado da Paraíba

Em sua passagem pela Paraíba neste final de semana, o Senador Raimundo Lira (PMDB-PB) concedeu entrevistas à imprensa paraibana, em Campina Grande e em João Pessoa, para comentar assuntos relacionados à sua atuação parlamentar, em Brasília. Em boa parte das entrevistas, a pedido dos jornalistas, Lira comentou sobre sua atuação na presidência da Comissão Especial do Impeachment do Senado Federal.

Raimundo Lira tem recebido elogios dos senadores, tanto favoráveis quanto contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, de jornalistas que cobrem o dia a dia da polícia em Brasília, na mídia nacional e da imprensa em seu estado, a Paraíba, por sua postura na condução dos trabalhos do colegiado.

Nas entrevistas que concedeu aos jornalistas da Paraíba, Raimundo Lira disse que tem se esforçado para mantar os três critérios que adotou, ao ser eleito por unanimidade presidente da Comissão. “Desde o começo eu adotei três critérios para basear a atuação na presidência da comissão, que são a imparcialidade, ter uma posição suprapartidária e o de fazer um esforço no sentido de que a maioria não sufocasse a minoria”

Ele disse se sentir honrado em assumir a missão, sobretudo pela oportunidade em poder mostrar uma atuação positiva de um representante da Paraíba, à frente da comissão. “Eu me sinto muito honrado em ter sido escolhido por unanimidade para presidir a comissão. Estamos vivendo um momento de extrema importância para o país”.

Na reunião da comissão marcada para as 16h desta segunda-feira, a discussão sobre o prazo para a finalização dos trabalhos voltará à tona, segundo informou o presidente. “Ficou acertado no final da reunião de quinta-feira, quando eu falei com clareza, que nós vamos discutir um prazo que não seja curto que dê a impressão de açodamento e também que não seja tão longo e que crie ansiedade na população brasileira”, disse Lira.

Assessoria de Imprensa

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras alerta que “pobreza se avoluma cada vez nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’