header top bar

section content

Dra. Paula mantém posição e é a única deputada de Cajazeiras a votar contra a Reforma da Previdência

De acordo com a parlamentar, sua postura permanece coerente na garantia dos direitos previdenciários dos servidores estaduais

Por José Dias Neto

20/08/2020 às 09h55 • atualizado em 20/08/2020 às 10h05

Dra. Paula Francinete durante sessão remota da Assembleia Legislativa da Paraíba. Foto: Assessoria

A deputada estadual Dra. Paula Francinete (Progressistas) manteve, nesta quarta-feira (19), seu posicionamento na votação em 2º turno, contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 20/2019, que disciplina o Regime de Previdência Social no âmbito do Estado da Paraíba.

De acordo com a parlamentar, sua postura permanece coerente na garantia dos direitos previdenciários dos servidores estaduais.

VEJA MAIS:

Dra. Paula propõe criação do Cartão Alimentação para donas de casa durante a pandemia do coronavírus

“Não tenho como concordar com tantas injustiças aos servidores públicos do estado. Nenhuma das emendas que poderiam beneficiar essas pessoas foram aprovadas e, por isso, mantenho meu voto com a convicção de que estou ao lado de trabalhadores que, com essa reforma, terão seus direitos comprometidos”, afirmou a deputada.

Os deputados estaduais que representam a região de Cajazeiras, Jeová Campos (PSB) e Júnior Araújo (Avante) e integram a base governista na Assembleia Legislativa da Paraíba, foram favoráveis ao projeto.

QUE REFORMA É ESSA?

A reforma da Previdência define regras de transição, aumenta o tempo de contribuição, de serviço e idade mínima para aposentadoria de mulheres (55 para 62 anos de idade) e homens (60 para 65 anos), além de propor a criação de uma contribuição extraordinária dos servidores públicos ativos, dos aposentados e dos pensionistas, caso seja apresentado déficit na previdência.

VOTO DE PESAR

Ainda na sessão, Dra. Paula apresentou voto de pesar na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) pelo falecimento de Francisco Egídio de Moura, líder político de Poço de José de Moura e pai de Aurileide Egídio, prefeita do município, que faleceu nesta terça-feira, aos 90 anos.

Chico Egídio faleceu nesta terça-feira em Poço de José de Moura. Foto: Cofemac

“Chico Egídio foi um dos grandes benfeitores do distrito de Poço de José de Moura e um dos que mais lutou para que se transformasse em município, o que veio a ocorrer quando da Constituinte Estadual em 13 de outubro de 1994, além de ter sido um dos idealizadores da Festa do Sagrado Coração de Jesus em Poço. Faleceu no dia de ontem, terça-feira, 18 de agosto, com a idade de 90 anos, deixando como um dos seus maiores legados a filha Aurileide Egídio, como prefeita da terra que ele tanto ajudou a progredir”, finalizou a deputada.

PORTAL DIÁRIO

DIVERSÃO E APRENDIZADO

VÍDEO: Faculdade Santa Maria realiza com sucesso game ao vivo com estudantes da Paraíba e do Ceará

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista fala sobre a vacina do Coronavac e destaca a importância do Instituto Butantan

CUIDADO

VÍDEO: Durante novenário, em Ipaumirim, Padre pede que fiéis fiquem atentos a pandemia do coronavírus

NOVA ONDA

VÍDEO: Senador Ney Suassuna acredita que deve haver lockdown com segunda onda de Covid-19 no Brasil

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!