header top bar

section content

Júnior Araújo comemora aprovação de projeto que amplia prazo para pagamento de contas de energia na PB

O projeto aprovado na Assembleia tem eficácia direta na vida das pessoas, principalmente as que são impactadas diretamente com a pandemia.

Por Assessoria

20/04/2021 às 13h19

Deputado estadual Júnior Araújo (Avante).

O deputado estadual Júnior Araújo (Avante), comemorou nesta segunda-feira (19), a aprovação do projeto de lei 2710/2021, de sua autoria, que dispõe sobre a concessão de prazo adicional para a quitação de débitos relacionados ao não pagamento da tarifa de energia elétrica durante a pandemia do novo coronavírus em todo o estado da Paraíba.

O projeto foi analisado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e aprovado.

VEJA TAMBÉM

Deputado Júnior Araújo visita São José de Piranhas e parabeniza êxito da gestão do prefeito Chico Mendes

De acordo com o parlamentar, o projeto prevê que terminado o período de vedação da suspensão do fornecimento do serviço, as unidades consumidoras terão prazo de até 60 dias para a quitação de eventuais débitos, sem que ocorra a interrupção da prestação do serviço.

“O objetivo é dar prazo para a regularização, evitando, assim, a imediata suspensão após o fim dos 90 dias. O pagamento poderá ser feito em até duas parcelas e não haverá multa ou juro de mora sobre os valores devidos”, disse.

O projeto aprovado na Assembleia tem eficácia direta na vida das pessoas, principalmente as que são impactadas diretamente com a pandemia.

PORTAL DIÁRIO

OPERAÇÃO FELIZ ANIVERSÁRIO

VÍDEO: Jovem é preso no dia em que completa de 19 anos, na região de Cajazeiras; o pai também foi detido

DIREITO

VÍDEO: Após ação da OAB-PB, TJPB desiste de desinstalar 3ª Vara da Comarca de Cajazeiras, diz advogado

FATALIDADE

VÍDEO: Acidente entre carro e moto atinge homem que trabalhava às margens da estrada, no Cariri cearense

IMPACTOS DIRETOS

VÍDEO: Censura Livre promove debate acalorado sobre os impactos dos decretos no comércio do Alto Sertão

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!