header top bar

section content

Wilson Filho é eleito para presidir comissão que apreciará regulamentação da Polícia Penal da Paraíba

A Comissão Especial terá um prazo de 25 dias para apresentar um parecer a partir da data de publicação do aviso no Diário do Poder Legislativo

Por Portal Diário com Assessoria

22/09/2021 às 08h41

Wilson Filho - Deputado estadual .

Durante a 36 ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) que ocorreu na manhã desta terça-feira (21), o deputado estadual Wilson Filho foi eleito presidente da Comissão Especial que irá apreciar o Projeto de Emenda Constitucional de autoria do governador João Azevêdo que cria a Polícia Penal no Estado. A proposta beneficia cerca de 1.800 agentes penitenciários.

Além de Wilson Filho, que ocupa a função de presidente, irão compor a comissão o vice-presidente, Wallber Virgolino; relator Ricardo Barbosa; além dos titulares Hervázio Bezerra, Taciano Diniz, Cabo Gilberto e Eduardo Carneiro. Os suplentes são Moacir Rodrigues, Edmilson Soares, Anderson Monteiro, Raniery Paulino, Lindolfo Pires, Doda de Tião e Anísio Maia.

VEJA TAMBÉM

Wilson Filho garante apoio a projeto que regulamenta Polícia Penal da PB: “Podem contar com meu voto”

A Comissão Especial terá um prazo de 25 dias para apresentar um parecer a partir da data de publicação do aviso no Diário do Poder Legislativo e as emendas poderão ser apresentadas perante a comissão em um prazo de 10 dias. Após a conclusão do parecer, a presidência da ALPB levará ao colegiado para deliberação.

Conforme o deputado Wilson Filho, esse projeto é de extrema importância para valorização da categoria. “Já demonstrei o meu apoio ao projeto e iremos apreciar levando em consideração as reivindicações feitas pelos próprios agentes penitenciários, de forma que possamos garantir a todos a valorização profissional tão merecida”, ressaltou Wilson Filho.

A medida equipara os agentes penitenciários aos membros das demais polícias, conforme a Emenda Constitucional Federal que criou as polícias penal Federal, dos Estados e do Distrito Federal. A proposta passou pelo crivo da Procuradoria Geral do Estado e não acarreta repercussão financeira.

PORTAL DIÁRIO

TRAGÉDIA

VÍDEO: Chefe do DER de Cajazeiras conta detalhes do acidente na PB 400 e reconhece falhas de motorista

REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO

VÍDEO: Colégio Nossa Senhora do Carmo implantará Sistema Farias Brito a partir de 2022 em Cajazeiras

CIDADE EDUCADORA

VÍDEO: Além do 14º salário, prefeito de Monte Horebe anuncia bolsas de até R$ 6 mil para os professores

NA BR 230

VÍDEO EXCLUSIVO: Homem fica gravemente ferido após colisão com carro em rodovia da região de Pombal

Recomendado pelo Google: