header top bar

section content

Colonos de São Gonçalo continuam acampados na CPT em Cajazeiras

Cerca de 71 famílias de agricultores da região de Sousa, continuam acampados na sede da CPT, em Cajazeiras. Os filhos dos colonos invadiram a entidade na manhã da última quinta-feira (23). Os manifestantes prometem permanecer até que sejam recebidos por representantes da entidade e pelo coordenador estadual do INCRA o Frei Anastácio. Os agricultores estão […]

Por

25/07/2009 às 09h33

Cerca de 71 famílias de agricultores da região de Sousa, continuam acampados na sede da CPT, em Cajazeiras. Os filhos dos colonos invadiram a entidade na manhã da última quinta-feira (23). Os manifestantes prometem permanecer até que sejam recebidos por representantes da entidade e pelo coordenador estadual do INCRA o Frei Anastácio.

Os agricultores estão reivindicando o loteamento das várzeas de Sousa, que ainda não foram divididas. Segundo eles, está faltando vontade para resolver o problema, e com isso as terras, que poderião está produzindo e gerando emprego e renda para dezenas de famílias, está totalmente improdutiva.

Os agricultores prometem, caso não sejam atendidas as suas reivindicações, trazerem todos os familiares para permanecerem acampados na sede regional da CPT.

Segundo os lideres do movimento, a CPT tem promovido algumas irregularidades para com os agricultores, “as famílias que não comungam com a cartilha da CPT, são excluídas do movimento”, frisou um dos líderes.

Está sendo aguardada a chegada de mais 150 pessoas para se juntar aos agricultores que já estão acampados.

Da Redação do Diário do Sertão

Tags:
RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado