header top bar

section content

Prefeitos sertanejos discutem com Funasa projeto de transposição do São Francisco

O coordenador regional da Funasa na Paraíba, Álvaro Gaudêncio Neto, reuniu na ultima terça-feira (21), na sede do órgão, representantes de cinco municípios paraibanos para discutir o andamento dos projetos do PAC/Funasa relacionados a resíduos sólidos. Os municípios de Monteiro, Carrapateira, Bonito de Santa Fé, São José de Piranhas e Monte Horebe são até agora […]

Por

23/07/2009 às 09h10

O coordenador regional da Funasa na Paraíba, Álvaro Gaudêncio Neto, reuniu na ultima terça-feira (21), na sede do órgão, representantes de cinco municípios paraibanos para discutir o andamento dos projetos do PAC/Funasa relacionados a resíduos sólidos. Os municípios de Monteiro, Carrapateira, Bonito de Santa Fé, São José de Piranhas e Monte Horebe são até agora os únicos territórios com projetos referentes a esta linha de execução.

A reunião segue uma orientação do presidente da Funasa, Danilo Forte, e do governo federal para que todas as dúvidas dos gestores em torno da execução desses projetos sejam dirimidas. Conforme Álvaro Neto, executar os projetos de resíduos sólidos é um pré-requisito necessário para que as localidades sejam beneficiadas com a transposição do Rio São Francisco.

Para que todo o processo seja agilizado, a Core/PB solicitou a presença de um engenheiro da presidência da Funasa, analista de infra-estrutura e especialista em Sistemas de Resíduos Sólidos Urbanos, Dr. Jamaci Nascimento, para junto com os engenheiros da Core/PB, discutirem “in loco”, com os gestores e técnicos a execução dos projetos.

“Sem o tratamento dos resíduos sólidos nestas cidades, não há Transposição. Por isso vamos trazer um técnico de Brasília para que não reste duvidas para a elaboração dos projetos”, destacou o coordenador regional.

O coordenador da Paraíba disse ainda que colaborar na execução e na agilização dos projetos é uma prioridade da sua administração.

Álvaro Neto também mantém contato permanente com o presidente nacional do órgão, Danilo Fortes, com intuito de melhorar o quadro técnico da instituição na Paraíba, com a contratação de novos engenheiros.

Fonte: Agência Paraíba

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio

VÍDEO!

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”

SAIBA

É OU NÃO É FERIADO? Em entrevista, prefeito de Cajazeiras decide sobre o Dia de São Pedro

PROGRAMA XEQUE MATE

Em Cajazeiras, pai de Gabriel Diniz se emociona e fala com exclusividade sobre a morte do cantor