header top bar

section content

Casal é preso suspeito de abusos sexuais contra neto na Paraíba

Homem de 33 anos é suspeito de estuprar neto da própria companheira.

Por Luzia de Sousa

23/06/2016 às 15h30

Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente Ameaçado de Morte (Foto ilustrativa)

Um homem de 33 anos foi preso na cidade de Campina Grande, no Agreste paraibano, suspeito de estuprar o neto da companheira dele. Os abusos foram descobertos durante uma investigação da Polícia Civil. A criança era violentada na casa da avó, que segundo a polícia, também foi presa por permitir os abusos.

A prisão do casal aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (23) no bairro Cruzeiro, onde o homem trabalhava.

O caso estava sendo investigado por uma equipe da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Infância e Juventude. Durante exames médicos foram constatados ferimentos no corpo da criança, que confirmaram os abusos sexuais.

O homem de 33 anos foi preso por força de uma mando de prisão expedido pela juíza Deborah Cavalcanti Figueiredo, da 3ª Vara Criminal de Campina Grande. Ainda de acordo com a Polícia Civil, depois que o caso foi denunciado, o suspeito ainda tentou fugir e foi protegido pela avó da vítima.

Depois de serem presos, o suspeito e a avó da criança foram levados para a Central de Polícia Civil, no bairro do Catolé.

G1PB

Recomendado para você pelo google

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens

O CAMINHO

VÍDEO: Em Pombal, Frei Gilson declara que a Igreja Católica precisa pregar um catolicismo praticante