header top bar

section content

Polícia Civil realiza mais de 450 prisões no primeiro semestre na região de Campina Grande

Os dados foram levantados pelo Núcleo de Estatística e Análise Criminal

Por Luzia de Sousa

21/07/2016 às 15h12

A ação ocorreu por força de um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de João Pessoa (Foto: Ilustrativa)

No primeiro semestre de 2016 foram realizados 458 procedimentos referentes a prisões feitas pela 10ª Delegacia Seccional, com sede em Campina Grande, e que abrange também os municípios de Boa Vista, Lagoa Seca e Massaranduba. Os dados foram levantados pelo Núcleo de Estatística e Análise Criminal (NEAC) da 2ª Superintendência Regional de Polícia Civil.

“Esse resultado demonstra a repressão qualificada à violência realizada pela equipe da 10ª Delegacia Seccional. É importante destacar que a atuação das equipes policiais é pautada em investigações efetivas, que tem como consequência prisões em flagrante, mandados de prisão e busca e apreensão cumpridos com sucesso, assim como em apreensões de drogas e armas, as quais contribuem para a redução de homicídios e de crimes patrimoniais nas cidades abrangidas por esta seccional”, disse o delegado da 10º Seccional, Iasley Almeida.

O relatório indica que a maioria das prisões foi realizada pela Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de Campina Grande e Delegacia de Crimes contra a Pessoa (Homicídios). Na divisão por tipo, mandado de prisão preventiva lidera com 49%, seguida por prisão em flagrante (30%) e depois aparece a internação de adolescentes (11%), os presos que já foram condenados (7%) e por último a representação por mandados de prisão temporária (3%)

Secom

Recomendado para você pelo google

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens

O CAMINHO

VÍDEO: Em Pombal, Frei Gilson declara que a Igreja Católica precisa pregar um catolicismo praticante