header top bar

section content

Criança morre atropelada na BR-230 e moradores fazem protesto

Motociclista fugiu sem prestar socorro.

Por Luzia de Sousa

19/08/2016 às 09h16

Moradores realizaram um protesto para pedir mais redutores de velocidade na via (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Uma criança de nove anos morreu atropelada no km 81 da BR-230, no distrito do Cajá, em Caldas Brandão, no Agreste paraibano, no início da noite da quinta-feira (18). Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o menino foi atingido por uma motocicleta. Moradores fizeram um protesto na rodovia pedindo mais redutores de velocidade.

Ainda de acordo com a PRF, os moradores contaram que viram o acidente e tentaram socorrer a criança, mas ela morreu quando um homem tentava o levar para um carro. O motociclista fugiu do local sem prestar socorro e até o início da manhã desta sexta-feira (19) não havia sido localizado.

Após a morte, os moradores do distrito interditaram a rodovia no sentido Campina Grande – João Pessoa, queimando plantas, carcaças de veículos e pneus. A via só foi liberada depois da chegada da imprensa. A PRF informou que vai estudar a implantação de mais redutores de velocidade no local. Atualmente, existem três redutores com limite de velocidade de 50km/h.

G1PB

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras