header top bar

section content

Subtenente da Polícia Militar é preso por estuprar e matar jovem de apenas 28 anos

Corpo da vendedora foi encontrado em matagal em Sete Barras, no interior de São Paulo

Por Luzia de Sousa

21/08/2016 às 20h16 • atualizado em 22/08/2016 às 07h35

Jovem foi assassinada em São Paulo

Um homem suspeito de estuprar e matar uma vendedora de 28 anos em Registro, no interior de São Paulo, foi preso na tarde do último sábado (20). De acordo com a Polícia Civil, Ivo Ferreira de Oliveira, de 49 anos, é subtenente da PM na cidade e será indiciado por homicídio e estupro qualificado contra Janaina Santos.

A vítima desapareceu em 28 de julho, quando saía do trabalho, em Registro. Imagens de câmeras de segurança utilizadas durante a investigação mostram que Janaina foi abordada por um homem de carro e entrou no veículo. Depois, não foi mais vista. O corpo da jovem foi encontrado no último dia 5, num matagal na cidade de Sete Barras, próxima a Registro onde a mulher morava.

O agressor também vivia em Sete Barras, segundo a polícia. Os agentes acreditam que eles se conheciam. “Já tínhamos informações de que ele era o autor do crime. Neste sábado, ele foi chamado para prestar depoimento e acabou caindo em contradição. Depois confessou o crime, mas ainda não deu detalhes sobre a sua versão do caso”, explicou o delegado Marcelo Freitas, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Agora, o carro do militar assim como suas roupas serão periciadas. “Ele tentou disfarçar e mudou as rodas do carro, mas a investigação foi rápida e, como planejado, resolvemos o caso em menos de 30 dias”, disse Freitas. As causas do morte da vítima ainda não foram definidas.

Notícia ao Minuto

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador