header top bar

section content

Acidente entre carro e ônibus de turismo da cidade de Cajazeiras deixa uma pessoa ferida em Patos; Carro ficou destruído. VEJA FOTO!

De acordo com informações de populares, o fato teria ocorrido quando o condutor do veículo modelo Corsa, invadiu a contramão

Por Luzia de Sousa

05/09/2016 às 07h44 • atualizado em 05/09/2016 às 10h02

Acidente ocorreu já na cidade de Patos

Um acidente ocorrido na noite deste domingo, dia 04, por volta das 20h, na BR 230, próximo a Indústria Carreiros, ao lado do Conjunto Noé Trajano, em Patos deixou uma pessoa ferida e causou danos materiais entre um automóvel e um ônibus de turismo que vinha de Cajazeiras e trafegavam em sentidos opostos.

De acordo com informações de populares, o fato teria ocorrido quando o condutor do veículo Chevrolet, modelo Corsa Classic, invadiu a contramão e colidiu frontalmente com o ônibus que estava em sentido Patos/Santa Luzia.

O Corsa Classic teve parte da frente destruída e outros danos na estrutura. Já o ônibus teve apenas o para-choque danificado e problemas em um dos pneus.

O motorista do automóvel foi socorrido por uma equipe do 4º Batalhão do Bombeiro Militar (4º BBM). O condutor teve apenas escoriações, no entanto, a equipe o removeu para exames mais detalhados no Hospital Regional de Patos.

Após a instalação de lombadas eletrônicas, construção de contorno rodoviário e de melhorias na sinalização no trecho da BR 230 que corta a cidade de Patos, fazia alguns meses que não se registrava acidentes no local.

DIÁRIO DO SERTÃO com Patosonline.com e Patos Metrópole

QUARTO EPISÓDIO

Em homenagem ao Dia das Crianças, programa Coisas de Cajazeiras entrevistou uma turma esperta e antenada

EMOÇÃO E REVOLTA

VÍDEO: Após um ano e três meses, Victória Albuquerque é sepultada sob lágrimas e protestos em Cajazeiras

CRISE?

VÍDEO: Empresário afirma que tem vagas de emprego em Cajazeiras, mas faltam profissionais capacitados

DIRETO AO PONTO

Eleitos em Cajazeiras devem se comprometer com aeródromo, estrada de Boqueirão e hospital, diz colunista