header top bar

section content

Polícia prende suspeito de assalto aos Correios de Itapororoca e recupera todo o dinheiro roubado

O preso, a arma apreendida e todo o dinheiro recuperado foram levados para a Delegacia da Polícia Federal, em Cabedelo.

Por Priscila Belmont

14/03/2017 às 09h49

O acusado de 21 anos, é do Estado de Pernambuco. (Foto: Assessoria)

A Polícia Militar frustrou a fuga de dois suspeitos que tinham acabado de assaltar a agência dos Correios da cidade de Itapororoca, na manhã desta segunda-feira (13), e prendeu um dos acusados do crime com um revólver calibre 38 e uma mochila com todo o dinheiro que seria levado do estabelecimento. O acusado de 21 anos, é do Estado de Pernambuco.

De acordo com o cabo Hilton Lopes, da Força Tática da 2ª Companhia Independente, a viatura interceptou os suspeitos ainda na porta da agência. “Os dois estavam saindo do local na hora em que chegamos para cercar os Correios e conseguimos prender um deles em flagrante. Ele estava com uma mochila nas costas levando todo o dinheiro roubado da agência, além de um revólver calibre 38 usado para intimidar as vítimas”, detalhou.

O policial disse que o segundo suspeito, que também é do Estado de Pernambuco, fugiu em uma moto que eles tinham estacionado em outra rua. “Como hoje é dia de feira na cidade, a rua da frente da agência fica interditada, o que ajudou a fuga do segundo suspeito, que continua sendo procurado. Ele é do Estado de Pernambuco e fugiu em uma moto que eles roubaram em Recife, conforme informou o acusado que foi preso”, completou.

O preso, a arma apreendida e todo o dinheiro recuperado foram levados para a Delegacia da Polícia Federal, em Cabedelo.

Secom

Recomendado para você pelo google

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial mostra história de um dos maiores empresários e empreendedores de Cajazeiras

EMOCIONANTE

VÍDEO:Em documentário especial, Xeque Mate mostra realidade de famílias que moram no Lixão de Cajazeiras

ENTRE PÚBLICO E PRIVADO

VÍDEO: Empresário revela que quase foi candidato a prefeito de Cajazeiras e explica por que recusou

VÍDEO

Sindicatos batem martelo e definem novo salário dos comerciários de Cajazeiras para 2019-2020